|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Covid-19. Há colégios que terminam já hoje as aulas presenciais

19 jun, 2020 - 10:17 • Fátima Casanova

No 3º período, só os alunos do 11º e 12º anos têm aulas presenciais, às disciplinas de exame. Ao abrigo da autonomia de que dispõem, há colégios que, decidiram terminar já esta sexta-feira, com essas aulas, a uma semana de terminar o ano letivo para se protegerem de possíveis infeções antes dos exames nacionais.

A+ / A-

Veja também:


Há colégios que querem os alunos já em casa a partir desta sexta-feira, para que não sejam expostos a riscos de infeção pelo novo coronavírus, a duas semanas de começarem os exames nacionais.

Rodrigo Queiroz e Melo, diretor executivo da Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP), defende que “depois de um ano inteiro de trabalho e destes últimos meses tão complicados, é de evitar que os alunos possam contrair a Covid-19 e ficarem impossibilitados de fazer o exame na primeira fase”.

Para este responsável, “prolongar as atividades presenciais por mais uma semana, seria mais uma semana de risco, o que se pretende evitar” com a aproximação dos exames.

Foi por pensar assim, que o Colégio do Sagrado Coração de Maria, em Lisboa, decidiu terminar hoje com as aulas presenciais. Uma decisão partilhada com os pais e bem-recebida pelos alunos.

Alexandre Neves, o presidente da Associação de Estudantes, disse à Renascença que a decisão foi vista “com bons olhos”. Compreenderam que o colégio estava preocupado, “não só com a nossa saúde, para nos resguardarmos, evitar algum possível caso de infeção, não andar de transportes públicos, mas também com os nossos exames nacionais e com a nossa entrada na faculdade”.

Alexandre Neves “não sente que o fim das aulas presenciais fosse prejudicial”, porque foram lecionados todos os conteúdos que os professores acharam pertinente ensinar na sala de aula.

Escolas públicas só terminam aulas presenciais a 26 junho

Já nas escolas públicas o calendário escolar é para ser cumprido é o que garante o presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP). Filinto Lima diz que a ideia de acabar mais cedo, nunca passou pela cabeça dos diretores, que vão levar as aulas presenciais do 11º e 12º anos até 26 de junho.

O líder da ANDAEP refere que “até ao momento não há relatos de situações negativas em relação à propagação do vírus nas escolas” e que os “alunos têm tido um comportamento exemplar”.

As aulas presenciais ou à distância terminam no próximo dia 26, para todos os alunos. Os do 11º e 12 º anos regressam à escola em julho, sempre de máscara e respeitando todas as regras de higiene e distanciamento, para a primeira fase de exames, que vai decorrer entre os dias 6 e 23.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.