|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

António Costa

Turismo inicia desconfinamento "a 15 de junho" com reabertura de fronteiras e rotas aéreas

05 jun, 2020 - 12:03 • Redação

Primeiro-ministro afirma que crise que atinge as companhias de aviação, aeroportos e o turismo "é uma crise conjuntural" e Portugal tem que estar preparado para a retoma.

A+ / A-

Veja também:


O turismo vai começar a desconfinar a partir de 15 de junho com a reabertura de fronteiras e a reativação de rotas aéreas nos aeroportos portugueses, anunciou esta sexta-feira o primeiro-ministro, António Costa.

"A partir de 15 de junho vão ser reabertas fronteiras e reativadas rotas, e vai ser feito um esforço coletivo no quadro da União Europeia para que o turismo retome em pleno a sua atividade a partir de 15 de junho", declarou o chefe do Governo falava no Aeroporto Humberto Delgado.

António Costa afirma que crise que atinge as companhias de aviação, aeroportos e o turismo "é uma crise conjuntural" e Portugal tem que estar preparado para a retoma

"O que virá a seguir, de forma mais rápida ou mais lenta, é o retomar do que é a oportunidade das pessoas circularem livremente à escala global e é importante estarmos preparados", salientou.

O primeiro-ministro considera fundamental que os passageiros saibam que "podem viajar em segurança" e "há um trabalho a fazer com as companhias de aviação, mas os aeroportos são um ponto crítico onde se cruzam pessoas vindas de todo o mundo".

Em tempo de pandemia de Covid-19, as garantias de higienização e de normas de segurança nos aeroportos são "a maior garantia de que a reabertura do tráfego não é um fator de risco não controlado".

"Podemos testemunhar desde a higienização individual de quem circula aqui, dos espaços públicos, dos equipamentos, o esforço para desmaterializar os contatos, no chek-in ou exibição do cartão de embarque para minimizar os contatos. O esforço também nas lojas do aeroporto", salientou António Costa.

"Creio que posso dizer o que a Direção Geral da Saúde e as instituições internacionais aeronáuticas civis já disseram: os aeroportos de Portugal cumprem normas de segurança e estão prontos para acolher o tráfego aéreo com toda a normalidade", defende o primeiro-ministro.

EVOLUÇÃO DA COVID-19 EM PORTUGAL

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.