|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​A bola vai rolar

01 jun, 2020 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Portimonense e Gil Vicente, no Algarve, reabrem as “hostilidades”, depois de em 8 de Março último Paços Ferreira e Vitória de Guimarães terem encerrado a jornada 24.

O apetite dos milhões de adeptos portugueses do futebol está prestes a ser satisfeito com o reatamento do campeonato da primeira Liga, marcado para a próxima quarta-feira.

Nesse dia Portimonense e Gil Vicente, no Algarve, reabrirão as “hostilidades”, depois de em 8 de Março último Paços Ferreira e Vitória de Guimarães terem encerrado a jornada 24.

E aí, quando o apito do juiz soou pela última vez, sancionando o triunfo dos vimaranenses por 2-1, estávamos todos muito longe de imaginar o que iria acontecer poucos dias depois.

A verdade é que só após três meses é possível voltar a ver em ação as nossas 18 equipas, e em circunstâncias nunca pensadas antes e com consequências ainda difíceis de prever.

No ar há perguntas para as quais não são conhecidas respostas, mas que continuam a justificar-se por inteiro. Por exemplo: e se houver necessidade de proceder a uma nova interrupção do campeonato, quais são os procedimentos a adotar? E, nesse caso, que se deseja não venha a surgir, como será feito o escalonamento das equipas portuguesas com vista à sua participação nas competições europeias?

Este não é, aliás, um tema novo, porque muitas vozes se têm levantado fazendo perguntas e acrescentando-lhes recomendações segundo as quais tudo deverá estar muito claro antes do primeiro chuto na bola na próxima quarta-feira.

E não é somente por falta de bom senso, pois é, sobretudo, ausência de serenidade, que tem estado ausente nos últimos dias entre a família do futebol, para que estas questões importantes tivessem sido debatidas e merecessem decisões adequadas.

Claro que, face à atual situação sanitária, pode vir a repetir-se tudo aquilo que deu origem à paragem iniciada em 13 de março.

Não se deseja, mas a verdade é que a organização deveria partir mais respaldada para esta nova fase.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.