|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Coronavírus. Sete ilhas dos Açores sem novos casos

23 mai, 2020 - 21:48 • Lusa

Pelo quinto dia consecutivo, não foram identificados novos casos de infeção. Arquipélago tem confirmados 146 casos, a maioria já recuperados.

A+ / A-

Veja também:


Os Açores registaram um novo caso de recuperação de infeção pelo novo coronavírus na ilha Graciosa, que deixou de ter casos ativos, sendo agora sete as ilhas do arquipélago sem doentes com Covid-19.

"Registou-se uma recuperação de infeção por SARS-CoV-2, que corresponde a um indivíduo do sexo feminino, com 21 anos de idade, residente na ilha Graciosa, ficando, assim, esta ilha sem qualquer caso positivo ativo", revelou a Autoridade de Saúde Regional dos Açores, em comunicado de imprensa.

Também nas ilhas Terceira, São Jorge e Faial todos os casos detetados de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, tinham sido já dados como recuperados e as ilhas de Santa Maria, Flores e Corvo não registaram até ao momento qualquer caso.

Pelo quinto dia consecutivo, não foram identificados novos casos de infeção nos Açores, tendo sido realizadas, nas últimas 24 horas, 808 análises nos dois laboratórios de referência da região, a maior parte no âmbito de rastreios.

Desde o início do surto foram confirmados 146 casos da Covid-19 no arquipélago, 16 dos quais atualmente ativos (15 em São Miguel e um no Pico), tendo ocorrido 114 recuperações (em seis ilhas) e 16 óbitos (em São Miguel).

A ilha de São Miguel é a que registou mais casos (108), seguindo-se Terceira (11), Pico (10), São Jorge (sete), Faial (cinco) e Graciosa (cinco).

Segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 335 mil mortos e infetou mais de 5,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,9 milhões de doentes foram considerados curados.

Portugal regista 1.302 mortes relacionadas com a Covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 30.471 infetados, mais 271, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.