|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Oficial. Parlamento vai comemorar o 25 de Abril apesar da pandemia

15 abr, 2020 - 17:55 • Paula Caeiro Varela , com redação

Será uma sessão solene com redução do número de deputados e com convidados nas galerias.

A+ / A-

Veja também:


A Assembleia da República vai manter as comemorações solenes do 25 de Abril, apesar das restrições impostas devido à pandemia de Covid-19.

A conferência de líderes fixou esta quarta-feira a decisão, acordada já com o Presidente da República, diz a porta-voz da conferência de líderes parlamentares, a socialista Maria da Luz Rosinha.

Será uma sessão solene com redução do número de deputados e com convidados nas galerias, explica a deputada.

“Depois de vários contactos entre o presidente da Assembleia da República e o Presidente da República, entendeu-se que haverá um momento de comemoração aqui neste espaço, que terá um terço dos deputados presentes de maneira a garantir as indicações da Direção-Geral da Saúde. Terá também alguns convidados que ocuparão as galerias”, afirma Maria da Luz Rosinha.

Não foi uma decisão consensual, admite a porta-voz da conferência de líderes, mas houve maioria.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • LOURDES FRETAS
    19 abr, 2020 Leiria 16:05
    UMA VERGONHA ...SE NÃO HOUVE CELEBRAÇÕES RELIGIOSAS NA PÁSCOA NEM VAI HAVER FESTAS POPULARES E VAMOS TER FESTAS POLITICAS???? ES TÃO A BRINCAR COM OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE E NÃO SÓ......TENHAM VERGONHA
  • Maria do Carmo
    17 abr, 2020 Bicesse 21:34
    É uma vergonha... nem q estejam menos de metade das pessoas não me interessa,é exemplo para o país? Aqui não importa se gosto ou não do 25 e do 1º, acho que cada um festeje em casa. Não é o que nos pedem para fazer? E dp vêm com operações stop, detenções e etc se andamos por aí. É q dá me cá uma raiva e impotência! PS: Sr Presidente, sempre o defendi e sempre gostei de si mas juro por Deus que se estas comemorações forem para a frente não votarei em si. Pense o que os seus pais achariam desta sua decisão e a Maria Julia. Uma decepção de certeza!
  • Manual Rodrigues
    16 abr, 2020 Silves 20:30
    Uma deliberação de muito fraco bonsenso, atendendo ao panorama de infectados e mortes, que se vem verificando diariamente. Nao facilitem a vida ao inimigo.
  • Pedro Pinto
    16 abr, 2020 Lisboa 18:36
    Hipocritas! Pedem aos Portugueses para ficar em casa, mas nao dao exemplo. Vergonha!
  • Antônio Fonseca
    16 abr, 2020 Lisboa 17:00
    Acabei de ouvir um comentário pessoal e completamente parcial de Ferro Rodrigues após intervenção política de um deputado do CDS PP a respeito destas comemorações. INACREDITÁVEL o sentido de respeito deste sr(???) para com ( esses sim) os eleitos pelo povo.
  • Luis fonseca
    16 abr, 2020 Luxemburgo 15:50
    Nao faz sentido. Se ate o Papa celebra sozinho as celebrações. O presidente deveria fazer igual. A tv transmitira para todos na mesma. Haja bom senso. Pela mesma razao os deputados que estao em casa recebem igual?
  • Americo
    15 abr, 2020 Leiria 21:50
    Francamente.........
  • two
    15 abr, 2020 19:38
    Se for como descrevem, é perfeitamente adequado, até com algum arrojo, mas com a segurança que as altas entidades nos asseguram.
  • Ermenegildo
    15 abr, 2020 Oeiras 18:21
    Então mas espera... não comemoram o 10 de junho por causa da pandemia, por prevenção... e comemoram o 25 de abril que é já na esquina?? Estão a gozar??