Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. Por que há menos casos de infetados à segunda-feira?

13 abr, 2020 - 18:58 • Joana Gonçalves

Os dados desta segunda-feira revelam um decréscimo de 42% face ao dia anterior e de 78% quando comparado com a última sexta-feira. Apenas um em cada quatro laboratórios fazem testes de Covid-19 ao domingo.

A+ / A-

Veja também:


Pela terceira semana consecutiva, o número de casos confirmados decresce exponencialmente à segunda-feira. Os dados de hoje revelam um decréscimo de 42% face ao dia anterior e de 78% quando comparado com a última sexta-feira.

De acordo com a lista da Direcção-Geral de Saúde, existem 86 laboratórios referenciados para testes de Covid-19 em Portugal. Pelo menos 63 estão encerrados ao domingo, o que representa cerca de 73% do total.

Um facto que pode explicar o decréscimo do número de infetados à segunda-feira, como se tem verificado nas últimas semanas.

Apenas 15 laboratórios se mantêm abertos ao domingo e pelo menos 41 (48%) encerram durante todo o fim de semana. Oito não especificam se trabalham ao sábado ou domingo.

De acordo com a Norma Covid-19: Fase de Mitigação um doente deve contactar telefonicamente o laboratório onde pretende realizar o teste de Covid-19, após receber a respetiva requisição, e agendá-lo num dos 86 laboratórios referenciados para testes.

A colheita das amostras deve ser realizada no domicílio ou nos pontos de colheita destinados ao efeito.

A região de Lisboa e Vale do Tejo soma o maior número de laboratórios (29) da lista da DGS, seguida no Norte (21), Centros (14), Algarve (13) e Alentejo (9). Porto e Lisboa são as cidades com mais laboratórios referenciados para este tipo de testes (sete), cinco funcionam ao fim de semana.

De acordo com o mesmo documento, 36 laboratórios efetuam colheitas ao domicílio e 20 em "drive thru".

A realização dos testes laboratoriais deverá ser realizada no prazo máximo de 48 horas, após contacto pelo doente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+