|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

​Coronavírus em Odemira. 19 trabalhadores nepaleses em quarentena

26 mar, 2020 - 17:32 • Celso Paiva Sol

Na origem da decisão está a confirmação de um caso positivo de Covid-19 neste grupo de trabalhadores, que nesta altura se dedica sobretudo à apanha de frutos vermelhos.

A+ / A-

Veja também:


Um grupo de 19 trabalhadores sazonais de nacionalidade nepalesa está desde ontem à noite em quarentena no concelho alentejano de Odemira.

Ao que a Renascença apurou, 17 destes trabalhadores foram instalados no pavilhão desportivo da Escola Básica EB 2,3 de S. Teotónio e os outros dois numa casa da mesma freguesia.

As três casas em que o grupo habitualmente vive foram todas interditas.

Na origem da decisão está a confirmação de um caso positivo de Covid-19 neste grupo de trabalhadores, que nesta altura se dedica sobretudo à apanha de frutos vermelhos.

Trata-se de um outro trabalhador, um indiano de 46 anos, que chegou ao concelho de Odemira vindo de Lisboa na passada sexta-feira e que agora está em isolado numa casa em Almograve, a ser acompanhado pelas autoridades de saúde locais.

À data, Portugal conta com 3.544 casos confirmados, mais de 22 mil casos suspeitos, 43 recuperados e 60 mortes.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou perto de 450 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 20 mil.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Globalmente, o continente africano contabiliza mais 2.700 casos e 72 mortes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.