Tempo
|
A+ / A-

António Costa

Restaurantes "podem e devem" funcionar em "take away" durante estado de emergência

19 mar, 2020 - 18:22

Conselho de Ministros determinou que estabelecimentos comerciais podem continuar a funcionar em tempo de estado de emergência devido à pandemia de coronavírus.

A+ / A-
O que muda com o estado de emergência? O essencial das medidas
O que muda com o estado de emergência? O essencial das medidas

Veja também:


O Governo anunciou esta quinta-feira a lista de estabelecimentos comerciais que vão continuar a funcionar em tempo de estado de emergência devido à pandemia de coronavírus.

Padarias, mercearias, supermercados, farmácias, postos de abastecimento de combustíveis, quiosques não vão encerrar, anunciou o primeiro-ministro, em conferência de imprensa no final do Conselho de Ministros.

Os estabelecimentos de restauração também podem funcionar, mas apenas em regime de take away ou entrega ao domicílio.

“É essencial que a restauração se mantenha aberta para apoiar quem fica confinado em casa”, afirma António Costa.

As Lojas do Cidadão vão estar encerradas durante o estado de emergência.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.