|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

​Vaticano fecha Praça e Basílica de São Pedro a turistas

10 mar, 2020 - 13:37 • Aura Miguel , Cristina Nascimento

Medida, que estará em vigor até 3 de abril, pretende travar a propagação de coronavírus.

A+ / A-

A Santa Sé decidiu fechar a entrada de turistas na Praça e Basílica de São Pedro. Em comunicado, o Vaticano explicou que a decisão insere-se num pacote de “novas medidas para evitar a difusão de coronavírus”.

O comunicado refere que “as medidas permanecem em vigor, salvo indicação em contrário, até 3 de abril”, ou seja, antes da Semana Santa.

O mesmo comunicado detalha que vão ser fechados "os correios da Praça de São Pedro, a livraria vaticana e o serviço fotográfico do jornal 'L'Osservatore Romano' passam a estar disponíveis apenas online".

"A cantina para os funcionários do Vaticano fecha a partir de 11 de março e será ativado um serviço de entrega de refeições a pedido", acrescenta a nota.

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, com 463 mortos e mais de 9.100 contaminados pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

A grande maioria dos casos de contágio e de mortos concentra-se na região da Lombardia, onde se registaram 333 mortes, seguida da região de Emília-Romanha, com 70 óbitos e 1.386 casos positivos. No Veneto foram contabilizados até esta terça-feira 20 óbitos e 744 contágios.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.000 mortos.

Cerca de 114 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Portugal registou até ao momento 41 pessoas infectadas.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.