|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Papa quer que futuros núncios cumpram um ano de missão

17 fev, 2020 - 12:14 • Aura Miguel

Francisco pretende que os futuros diplomatas passem pela experiência da “atividade evangelizadora” em igrejas particulares.

A+ / A-

O Papa quer que os futuros núncios apostólicos cumpram um ano de missão. Numa carta enviada ao presidente da Academia Eclesiástica Pontifícia – a famosa Escola da Santa Sé para a formação de diplomatas – Francisco pede para se incluir no currículo dos futuros núncios um ano de experiência de missão inserido numa igreja local.

O teor da missiva foi divulgado nesta segunda-feira. O Papa deseja enriquecer a já “sólida formação sacerdotal e pastoral” daquela Academia com esta nova “experiência pessoal de missão fora da diocese de origem, junto das respetivas comunidades”.

O objetivo é permitir que os futuros diplomatas participem na “quotidiana atividade evangelizadora” junto das igrejas particulares espalhadas pelo mundo.

Esta nova experiência entrará em vigor com os alunos já do próximo ano académico, 2020/2021”.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.