|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Médica agredida por mãe e filha em centro de saúde do Porto

14 fev, 2020 - 11:35 • Redação

As duas mulheres foram detidas e vão ser presentes a tribunal esta sexta-feira.

A+ / A-

É mais um caso de violência contra médicos, desta vez, no Porto. Mãe e filha insultaram a médica e destruíram aparelhos médicos, no centro de saúde de Nevogilde, na Foz do Porto.

À Renascença, o comando da PSP do Porto garante que as duas mulheres foram detidas e vão ser presentes a tribunal esta sexta-feira.

As duas utentes, com 74 e 43 anos, estavam em consulta e terão começado a agredir verbalmente a médica, que acabou por sair do gabinete para pedir ajuda.

A PSP foi chamada a intervir.

Têm sido relatados vários casos de agressões a clínicos, o que levou o Fórum Médico a decidir responsabilizar a ministra da Saúde por inação por todos os casos de violência que aconteçam no SNS.

A Ordem dos Médicos alerta que os casos de violência contra profissionais de saúde estão a aumentar e lamenta que "este aumento exponencial da violência seja mais um sinal de que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) não está bem".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.