|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

​Terrorismo

Líder da Al-Qaeda na Península Arábica foi morto

07 fev, 2020 - 01:00 • Redação com Reuters

Presidente norte-americano anunciou que Qassim al-Raymi foi abatido numa operação contra-terrorista liderada pelos Estados Unidos.

A+ / A-

O líder do grupo terrorista Al-Qaeda na Península Arábica, Qassim al-Raymi, foi morto no Iémen, anunciou esta quinta-feira o Presidente norte-americano, Donald Trump.

Sob o comando de Qassim al-Raymi, a Al-Qaeda na Península Arábica cometeu atos de “violência desmedida contra civis no Iémen e procurou conduzir e inspirar numerosos ataques contra os Estados Unidos e as nossas forças”, disse Trump, em comunicado.

A morte de Qassim al-Raymi representa um golpe para o movimento terrorista e é um passo mais para eliminar a ameaça terrorista, sublinha o Presidente norte-americano.

Nesta declaração, Donald Trump não esclarece quando é que o líder do grupo terrorista Al-Qaeda na Península Arábica foi morto.

Os Estados Unidos consideram este grupo como uma das derivações mais violentas da rede Al-Qaeda, fundada por Osama bin Laden.

Notícias reveladas nos últimos dias indicam que Raymi terá sido morto num ataque com um drone, em Marib.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • me
    07 fev, 2020 15:17
    Tenho imensa pena. Os meus pêsames.