|
A+ / A-

Segurança Social passa a atender sem-abrigo independentemente da morada em sistema

05 dez, 2019 - 01:24

O atendimento inclui o processamento de pedidos de apoio no âmbito de acompanhamento social,

A+ / A-

O atendimento de emergência a pessoas sem-abrigo passa a poder ser feito em qualquer centro distrital da Segurança Social, independentemente da morada em que a pessoa está registada ou da existência de um processo familiar, foi anunciado esta quarta-feira.

O anúncio foi feito, numa nota à imprensa, pelo gabinete da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, que adianta que a medida "entra em vigor no imediato".

A "alteração de regras foi já comunicada pelo Instituto da Segurança Social a todos os centros distritais" e resolve "um dos principais constrangimentos identificados" pelos sem-abrigo, que é o de estarem num distrito diferente do da morada em que estão registados no sistema da Segurança Social.

O atendimento inclui o processamento de pedidos de apoio no âmbito de acompanhamento social, exemplificou à Lusa o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.