|
A+ / A-

Homenagem a Sá Carneiro. ​Montenegro vai à Basílica da Estrela, Pinto Luz não

03 dez, 2019 - 21:58 • Eunice Lourenço

Candidatos a presidente do PSD têm primeiro debate televisivo no dia em que se assinalam 39 anos da morte de Sá Carneiro.

A+ / A-

É uma tradição do PSD: no dia 4 de dezembro, data da morte de Francisco Sá Carneiro, os presidentes do partido e outros dirigentes vão à missa na Basílica da Estrela, em Lisboa. Este ano, contudo, essa tradição assume contornos de política interna, tendo em conta que o partido está em período eleitoral e os três candidatos têm esta quarta-feira o primeiro debate.

Dos três candidatos, Miguel Pinto Luz fez questão de avisar os jornalistas que não vai à Basílica da Estrela e explicar porquê. Este candidato “não estará na basílica pois entende que, não tendo esse hábito em anos anteriores, não faria sentido ir apenas por ser candidato”, lê-se na mensagem enviada aos jornalistas.

A acompanhar a mensagem, um vídeo em que Pinto Luz recorda Francisco Sá Carneiro. “Sá Carneiro foi quem nos ensinou que a pessoa é a medida de toda a política”, afirma o candidato num vídeo que recupera muitas imagens de arquivo do fundador e líder do PSD que morreu a 4 de dezembro de 1980, em Camarate.

“É com essa memória do passado que o futuro diz presente”, conclui Pinto Luz, fazendo a ligação entre Sá Carneiro e o lema da sua candidatura à liderança do PSD.

Já Luís Montenegro, segundo a agenda da sua candidatura, estará presenta na Basílica da Estrela, onde o presidente em funções, Rui Rio, também deverá estar, como aconteceu no ano passado. E o mesmo sucederá com Assunção Cristas, presidente demissionária do CDS, já que a missa por sufrágio de Francisco Sá Carneiro, Adelino Amaro da Costa e acompanhantes é uma iniciativa dos dois partidos.

No ano passado, também esteve presente Marcelo Rebelo de Sousa, que esta quarta-feira tem uma conferência na Gulbenkian com inicio às 17h30 sobre a transição de Macau. Presença também habitual na missa da Estrela é Pedro Santana Lopes, agora líder do partido Aliança.

Além da missa na Basília da Estrela, há mais três iniciativas a assinalar a morte de Sá Carneiro e Amaro da Costa: uma cerimónia de homenagem organizada pelo Núcleo da União de Freguesias de Camarate, Unhos e Apelação, às 19h00, no Bairro das Fontaínhas, em Camarate; uma cerimónia de deposição de coroa de flores, na praça Dr. Francisco Sá Carneiro, no Porto, às 18h30, seguida de missa às 19h15 na Igreja das Antas.

Também no Funchal haverá, às 9h15, deposição de uma coroa de flores junto a um busto de Sá Carneiro na avenida com o seu nome e será celebrada missa na Igreja do Carmo, às 18h30.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.