|
A+ / A-

Metro de Lisboa vai reparar 232 escadas mecânicas e 10 tapetes rolantes

03 dez, 2019 - 12:42 • Lusa

São duas das intervenções que a empresa foi autorizada a fazer. Vão durar cinco anos e custar mais de três milhões de euros.

A+ / A-

O Metro de Lisboa foi autorizado a proceder à repartição dos encargos relativos ao contrato de serviços de manutenção para 232 escadas mecânicas, 10 tapetes rolantes e 125 elevadores das estações.

Numa portaria publicada nesta terça-feira em Diário da República, o Metropolitano deverá pagar o montante de 3.336.560 euros, ao qual acresce IVA à taxa legal em vigor.

O custo será repartido plurianualmente, nos anos económicos de 2020 a 2025.

Segundo a portaria 819/2019 prevê a seguinte repartição: 211.560 euros em 2020 e 625.000 euros a cada ano, entre 2021 e 2025.

Os encargos emergentes da presente portaria serão satisfeitos por verbas adequadas, inscritas ou a inscrever no orçamento do Metropolitano de Lisboa, E. P. E.

Prevê-se que as obras tenham início em 2020 e terminem até 31 de agosto de 2025, prevendo-se um prazo de execução de 60 meses, contados a partir da data da assinatura do contrato.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.