|
A+ / A-

Renascença vence prémio nacional de Jornalismo de Inovação

02 dez, 2019 - 12:00 • Redação

Agência Nacional de Inovação distinguiu a Renascença na categoria “Nacional Multimédia”, com uma reportagem da jornalista Inês Rocha sobre o potencial social da ciência de dados.

A+ / A-
Como os algoritmos podem ajudar a salvar o mundo
Como os algoritmos podem ajudar a salvar o mundo

A Renascença venceu, esta segunda-feira, o Prémio Nacional de Jornalismo de Inovação na categoria “Nacional Multimédia” com a reportagem “Como os algoritmos podem ajudar a salvar o mundo”.

O trabalho, assinado pela jornalista Inês Rocha, acompanhou o programa “Data Science for Social Good”, promovido pela Nova School of Business and Economics (Nova SBE).

Entre os projetos em destaque estão o combate ao desemprego de longa duração em Portugal, a promoção do turismo sustentável na Toscânia, a prevenção de acidentes rodoviários na Holanda e da vacinação contra o sarampo na Croácia.

Nas categorias nacional escrito e regional os trabalhos vencedores foram “Um dia o smartphone vai salvar-lhe a vida” de Rui da Rocha Ferreira, Diário de Notícias, e “Tecnologia não assusta idosos de Escalos de Baixo” de José furtado, do Jornal Reconquista, respetivamente.

A Agência Nacional de Inovação distinguiu, ainda, o trabalho "Os incêndios matam abelhas. Isso afeta-nos mais do que pensa" de Joana Ascensão, V Digital, na categoria audiovisual.

Foram atribuídas duas menções honrosas a Adriando Cerqueira, na categoria blog e podcast, com o 90 segundos de ciência, e Filipe Rodrigues Ferreria na categoria acadamia, com o JPN.

A iniciativa promovida pela Agência Nacional de Inovação (ANI), com o apoio da Entidade Reguladora para a Comunicação Social e do Sindicato dos Jornalistas e cofinanciada pelo COMPETE, pretende incentivar o jornalismo de inovação de base científica e tecnológica.

O Prémio Nacional de Jornalismo de Inovação é promovido no âmbito do SIAC – Iniciativa de Transferência de Conhecimento, cofinanciada pelo COMPETE 2020, através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e tem como missão distinguir o jornalismo sobre inovação de base científica e tecnológica nacional.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.