|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Rafael Camacho "não pensou duas vezes" em trocar o Liverpool pelo Sporting

11 nov, 2019 - 18:44 • Redação com José Barata

Avançado respondeu às perguntas da equipa de sub-13 do Sporting.

A+ / A-

Rafael Camacho garante que não hesitou em trocar o Liverpool pelo Sporting, este verão. O avançado falou sobre os primeiros momentos de leão ao peito, na equipa principal, depois de ter deixado o clube em 2013 para assinar pelo Manchester City.

"Sempre tive o sonho de chegar a Alvalade e jogar na equipa A. Fiquei muito feliz. Quando me deram a oportunidade de voltar, nem pensei duas vezes", disse, em resposta às questões do plantel de sub-13 do Sporting, no Estádio Universitário de Lisboa.

O jovem de 19 anos sagrou-se campeão europeu pelo Liverpool na última temporada, uma experiência de aprendizagem na equipa principal dos "reds".

"Foi bom estar no Liverpool. Foi um espetáculo vencer a Champions, nem parecia real. Vencer com 18 anos foi um sonho. Sempre quis fazer parte da equipa e foi muito bom. Aprendi muito com eles, aqui também tenho muitos 'monstros' e estou sempre a aprender com a experiência que eles têm", adiciona.

Ronaldo é inspiração

Pela semelhança no percurso e a passagem por Inglaterra desde jovem, Camacho não esconde a admiração por Cristiano Ronaldo: "A inspiração sempre foi o Cristiano Ronaldo. Quando ele saiu para Inglaterra e eu depois também tive essa oportunidade, inspirei-me ainda mais. Sempre trabalhei no duro porque sabia que ele também trabalhava".

Sobre os seus objetivos de futuro, Camacho aponta para a conquista de troféus no Sporting.

"Agora quero continuar no Sporting, ganhar títulos aqui e mostrar-me ao mundo como jogador. Quero provar que consigo jogar na equipa A e continuar a dar o meu melhor", remata.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.