|
A+ / A-

Não tem cérebro mas aprende.#blob é a nova atração do Zoo de Paris

18 out, 2019 - 10:11 • Redação

Este organismo tem 720 sexos e pode cicatrizar em dois minutos.

A+ / A-

É uma planta? Um animal? Não. Este ser vivo amarelado unicelular é um organismo apelidado de “blob”, que não tem boca, estômago ou olhos, mas pode detectar e digerir alimentos. Vai ser apresentado, este sábado, no Zoológico de Paris.

"O blob é um ser vivo que pertence a um dos mistérios da natureza", afirmou o diretor do Museu de História Natural de Paris, do qual o Parque Zoológico faz parte.

"Surpreende-nos porque não tem cérebro, mas é capaz de aprender... e se misturarmos dois blobs, aquele que aprendeu irá transmitir o seu conhecimento para o outro".

Parece um fungo, mas age como um animal, descreve um artigo no jornal "The Guardian".

Foi batizado com o nome científico "Physarum polycephalum", tem quase 720 sexos, pode mover-se sem pernas e consegue curar-se em dois minutos se for cortado ao meio.

Recebeu o nome “blob” devido a um filme de terror e ficção científica de 1958, protagonizado por um jovem Steve McQueen, no qual uma forma de vida alienígena – “o Blob” - consome tudo o que se atravessa no seu caminho numa pequena cidade americana.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.