Tempo
|
A+ / A-

Bancada parlamentar do PS. Ana Catarina Mendes no lugar de Carlos César

15 out, 2019 - 07:10 • Lusa

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, deixa o Governo para assumir funções de secretário-geral adjunto.

A+ / A-

O secretário-geral do PS, António Costa, vai propor a dirigente Ana Catarina Mendes para o cargo de presidente do Grupo Parlamentar do PS, substituindo nestas funções Carlos César, disse à agência Lusa fonte oficial deste partido.

Ana Catarina Mendes assumiu em dezembro de 2015 as funções de secretária-geral adjunta do PS e nas últimas eleições legislativas foi cabeça de lista dos socialistas no círculo de Setúbal.

Na última legislatura, enquanto "número dois" da direção do PS, Ana Catarina Mendes coordenou as campanhas deste partido nas vitórias que obteve nas eleições autarquias (2017), nas europeias (maio deste ano) e nas legislativas de 6 de outubro.

Ana Catarina Mendes, que integra o chamado "núcleo duro" da direção de António Costa desde novembro de 2014, vai ser votada para a liderança parlamentar na primeira reunião da bancada socialista da nova legislatura.

Carneiro deixa Governo para substituir Ana Catarina

Com a passagem de Ana Catarina para liderança da bancada em São Bento, José Luís Carneiro vai assmuir as funções de secretário-geral adjunto do PS.

Com a indicação para "número dois" da direção do PS, Carneiro não vai integrar o próximo Governo. Até agora, exercia as funções de secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

Fonte oficial dos socialistas adiantou também à agência Lusa que José Luís Carneiro deverá ser votado para o cargo de secretário-geral adjunto na primeira reunião da Comissão Nacional do PS, ainda sem data marcada.

José Luís Carneiro, de 48 anos, é licenciado em Relações Internacionais, mestre em Estudos Africanos, foi chefe de gabinete do Grupo Parlamentar do PS entre 2000 e 2002 na liderança de Francisco Assis, tendo mais tarde sido eleito deputado do PS.

Presidente da Câmara Municipal de Baião entre 2005 e 2015, o ainda secretário de Estado das Comunidades Portugueses foi um dos elementos do "núcleo duro" do anterior líder do PS, António José Seguro.

Entre outras funções, foi presidente da Associação Nacional dos Autarcas Socialistas e liderou a Federação Distrital do Porto do PS.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+