A+ / A-

​Tóquio prepara-se para super tufão Hagibis, o maior em 60 anos

12 out, 2019 - 01:13 • Redação com Reuters

Além do vento e da chuva forte, que pode atingir níveis recorde, o serviço de meteorologia japonês também espera ondas grandes e de subidas súbitas da maré.
A+ / A-

A capital do Japão prepara-se para sofrer o impacto do tufão Hagibis, que poderá ser o maior temporal a atingir Tóquio nos últimos 60 anos.

O Hagibis deverá atingir Honshu, a principal ilha do Japão, no sábado, um mês depois de outro tufão ter provocado estragos em 30 mil casas e deixado milhares de pessoas sem energia.

Além do vento e da chuva forte, que pode atingir níveis recorde, o serviço de meteorologia japonês também espera ondas grandes e de subidas súbitas das marés.

Lojas, fábricas e o sistema de metropolitano de Tóquio vão estar encerrados como medida de precaução.

As autoridades deram ordem de evacuação nas áreas de maior risco, incluindo a cidade costeira de Shimoda, a 100 quilómetros a sudoeste da capital.

O Grande Prémio de Fórmula 1 e o Mundial de Râguebi, que decorrem no país, também estão ameaçados.

A Fórmula 1 adiou para domingo, dia da corrida, os treinos e qualificações que estavam marcados para sábado.

O super tufão também obrigou a cancelar dois jogos do Mundial de Râguebi, agendados para sábado. A realização do Japão-Escócia, de domingo, está em dúvida.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.