|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Cristas acusa Governo do PS de "encobrir criminosos" no caso Tancos

26 set, 2019 - 11:50 • João Cunha , com Lusa

“É muito importante que as pessoas percebam a quem é que o Governo está entregue”, atira a líder do CDS.

A+ / A-

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, acusa o Governo do PS de “encobrir criminosos” e impedir “a justiça de funcionar” no caso do furto de Tancos e exige “explicações públicas” do primeiro-ministro, António Costa.

No dia em que foi noticiado, por jornais, que o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes vai ser acusado no processo de Tancos, Assunção Cristas dramatizou o caso e pediu aos eleitores que, nas eleições de 6 de outubro, façam escolhas e pensem que tipo de Governo querem.

“Espero que as pessoas reflitam muito bem no dia 6 sobre que tipo de governo querem ter. Se querem ter um governo que encobre crimes, que iliba criminosos, que impede a justiça de funcionar, porque aparentemente conhece e dá cobertura a um acordo que impede que os responsáveis pelo furto sejam efetivamente apanhados e punidos” ou “se entendem que basta”, disse Assunção Cristas durante uma ação de campanha, em Lamego.

António Costa “tem que dar explicações públicas sobre este caso” e “não apenas dizer que é um caso de justiça”, afirmou a líder centrista, para quem este é um processo que “está longe de estar encerrado”, tanto judicial como politicamente.

“É muito importante que as pessoas percebam aquilo que está em jogo e a quem é que o Governo está entregue”, concluiu.

Últimaslegislativas 2019
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 26 set, 2019 16:56
    Ela queria era ser ideminizada. Então e eu que andei lá dois anos a guardar-lhes o pêlo?