A+ / A-

Católica considerada a melhor universidade portuguesa em ranking mundial

12 set, 2019 - 01:39 • Redação

Instituição de ensino destronou Universidade do Porto na tabela da Times Higher Education (THE), que é liderada por Oxford, no Reino Unido.
A+ / A-

A Universidade Católica Portuguesa (UCP) foi reconhecida pela Times Higher Education (THE) como a melhor universidade portuguesa, ocupando a posição 351 a nível mundial. Na mais recente edição do ranking, divulgado esta quarta-feira, estão incluídas 13 instituições do ensino superior nacionais, sendo que a Universidade do Porto era a antiga líder a nível nacional.

A UCP subiu 300 lugares face à tabela anterior, com destaque para o desempenho em investigação e impacto.

Em comunicado, a Reitora da Católica, Isabel Capeloa Gil, considera que o resultado "demonstra a competitividade da estratégia de I&D da Universidade Católica e também o valor do sistema cientifico nacional”.

São avaliadas quase 1.396 universidades, sendo que, a partir do 200º lugar, as instituições são apresentadas em blocos. A UCP entra no grupo das classificadas entre a posição 351-400, a melhor posição de sempre de uma instituição portuguesa neste ranking.

Em termos globais, o "Times Higher Education World University Rankings" é liderado pelo quarto ano consecutivo pela Universidade de Oxford. As universidades do Reino Unido (três no "top 10") e dos Estados Unidos (sete) continuam a dominar a classificação.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.