Tempo
|
A+ / A-

Enviado especial de Trump para o Médio Oriente abandona o cargo

05 set, 2019 - 20:37 • Redação, com agências

Jason Greenblatt sai da administração norte-americano sem apresentar o prometido plano de paz entre Israel e Palestina.

A+ / A-

Jason Greenblatt, enviado especial para o Médio Oriente do Presidente norte-americano, Donald Trump, vai abandonar o cargo.

Depois de quase três anos na Administração Trump, Jason Greenblatt vai trabalhar para o setor privado, anunciou esta quinta-feira o Presidente, na rede social Twitter.

A sua dedicação a Israel e em procurar a paz entre Israel e os palestinianos não serão esquecidos. Vamos sentir a tua falta. Obrigado, Jason”, escreveu Donald Trump.

Nos últimos anos, Jason Greenblatt trabalhou, juntamente com Jared Kushner, genro de Trump, num plano de paz para o Médio Oriente que ainda não viu a luz do dia.

Fontes oficiais norte-americanas garante que o plano está finalizado, mas só deverá ser divulgado depois das eleições de 17 de setembro em Israel, que vão decidir o futuro do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.