A+ / A-

​Esgotos vão poder deixar de ser lançados no Rio Vouga sem tratamento

13 ago, 2019 - 01:43 • Lusa

Nova Estação de Tratamento de Águas Residuais vai abranger 11 mil habitantes de seis freguesias.
A+ / A-

A Águas da Região de Aveiro (AdRA) inaugurou esta segunda-feira a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) Sul de Sever do Vouga, possibilitando que os esgotos deixem de ser lançados no Rio Vouga sem qualquer tratamento.

Em declarações à Lusa, o presidente da AdRA, Fernando Vasconcelos, disse que o concelho de Sever do Vouga, no distrito de Aveiro, não tinha estação de tratamento e os esgotos “eram lançados na linha de água praticamente sem tratamento”.

O município tem uma instalação “muito antiga” que tratava os efluentes da vila, mas, segundo o presidente da AdRA, este equipamento está “completamente inoperacional há muitos anos”.

“Passámos de uma situação em que o concelho não tinha forma de tratar as águas residuais geradas pelas pessoas e pela atividade económica do concelho e agora tem”, vincou Fernando Vasconcelos.

O presidente da AdRA realça ainda a pertinência deste tipo de instalações para melhorar a qualidade da água do Rio Vouga, que tem uma importância grande do ponto de vista de fruição turística e de lazer.

De acordo com a AdRA, a nova ETAR começou a receber efluente no passado mês de abril e, atualmente, está em período de arranque, que se vai prolongar durante um ano.

“A ETAR está a funcionar bem. Estamos a corrigir algumas situações que é necessário corrigir”, disse Fernando Vasconcelos.

A obra, que representou um investimento global de 2,75 milhões de euros, foi cofinanciada por fundos comunitários do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

A ETAR Sul de Sever do Vouga vai abranger 11 mil habitantes de seis freguesias do município (Sever do Vouga, Pessegueiro do Vouga, União de Freguesia de Silva Escura e Dornelas, Rocas do Vouga, União de Freguesias de Cedrim e Paradela e Couto de Esteves).

Além deste equipamento, o concelho de Sever do Vouga tem uma ETAR mais pequena que serve a população da freguesia de Talhadas.

Segundo um comunicado da AdRA, a nova ETAR vem responder às exigências ambientais da região, proporcionando “o correto tratamento” das águas residuais e a respetiva devolução ao rio Vouga em condições “ambientalmente seguras”.

“Esta infraestrutura está dotada de sistema de desodorização, minimizando o impacto da sua operação na região onde se insere”, refere a mesma nota.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.