|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Rui Rio critica Governo e pede adiamento da greve dos motoristas para depois das eleições

10 ago, 2019 - 11:39

“Se o objetivo fosse tentar resolver o problema, o Governo era mais isento e mais discreto", afirma o líder do PSD.

A+ / A-

Veja também:


O presidente do PSD, Rui Rio, acusa o Governo de encenar “um circo” com a greve dos motoristas e defende o adiamento da paralisação para depois das eleições legislativas de 6 de outubro.

Numa mensagem publicada na rede social Twitter, Rui Rio afirma que “se o objetivo fosse tentar resolver o problema, o Governo era mais isento e mais discreto. Não dramatizava, nem encenava um circo como o que montou antes das europeias”.

O líder social-democrata considera que o executivo dramatizou a situação e defende o regresso às negociações entre patrões e motoristas de matérias perigosas e de mercadorias.

“Adiar a greve para pós-eleições e, até lá, tentar um acordo, parece-me o mais sensato”, defende Rui Rio.

A greve dos motoristas começa na segunda-feira, por tempo indeterminado. Este sábado realizam-se vários plenários e o Governo reúne-se de emergência.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José Joaquim Cruz Pinto
    10 ago, 2019 Ílhavo 15:38
    E por que é que não vai ele montar o seu circo para outro lado, e bem longe?! Escusava mesmo de esperar pelas eleições!
  • Cidadao
    10 ago, 2019 Lisboa 14:39
    O PS e o Costa, aparecem. O PSD está mudo e quedo e reage tarde e a más horas e com posições fracas. Realmente o Rui Rio não é homem para a tarefa