A+ / A-
Porto

Diocese disponibiliza uma centena de camas para estudantes universitários

31 jul, 2019 - 15:36 • Henrique Cunha

Os pormenores do protocolo a assinar brevemente foram definidos esta quarta-feira pelo ecónomo da Diocese do Porto e por uma equipa da Reitoria da Universidade do Porto.
A+ / A-

A diocese do Porto vai disponibilizar cerca de uma centena de camas para estudantes universitários, nomeadamente na casa Diocesana de Vilar.

Na reunião desta manhã, em que foram definidos os detalhes do protocolo a assinar na próxima semana, esteve o Pe. Samuel Guedes, o ecónomo da Diocese e uma Vice-reitora da Universidade do Porto.

O entendimento vai permitir a disponibilização de camas a preços especiais para os estudantes, ajudando desta forma a atenuar as dificuldades vividas no Porto ao nível de residências universitárias.

Para além de uma quantidade assinalável de camas, o antigo Seminário de Vilar, dispõe de outras importantes valências, como o serviço de refeições e apoio logístico no âmbito da higiene.

A reunião desta quarta-feira conclui um processo iniciado em junho. Na ocasião, o Secretário de Estado do Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira foi recebido pelo bispo do Porto, D. Manuel Linda, num encontro que serviu para o Governo auscultar a diocese sobre a possibilidade de colocar camas no mercado de arrendamento estudantil.

Atualmente, a Casa Diocesana de Vilar já acolhe cerca de meia centena de estudantes oriundos, sobretudo dos países de língua oficial portuguesa.


guialiga19_20_banner
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.