|
A+ / A-

Ciclismo

Jóni Brandão veste de amarelo no prólogo da Volta a Portugal

30 jul, 2019 - 22:52 • Redação com Lusa

O chefe de fila da Efapel foi segundo classificado em 2018, pelo que vai render o campeão, no contrarrelógio em Viseu.

A+ / A-

O português Joni Brandão (Efapel) vai vestir a camisola amarela no prólogo da Volta a Portugal, na quarta-feira, face à ausência do campeão de 2017 e 2018, o espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto).

O anúncio foi feito pela organização, esta terça-feira, em comunicado. No prólogo de seis quilómetros, em Viseu, o segundo classificado de 2018 será o "portador do fato de contrarrelógio" da camisola amarela, na ausência de quem defenda o título.

Campeão por pontos em 2017 e 2018, o espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano) vai sair com a camisola verde, símbolo dessa classificação complementar, enquanto a azul, da montanha, sairá nas costas de David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista) e a da juventude com Pedro Miguel Lopes (Oliveirense-InOutBuild).

O espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto), vencedor em 2014 e 2015, será o último a partir para o prólogo de abertura. Sem o campeão da última edição, será Veloso o derradeiro homem, de 132 corredores, a arrancar, às 17h25.

A partida da Volta a Portugal será dada às 15h14, com o espanhol Cristian Mota (Miranda-Mortágua) a dar as primeiras pedaladas da 81.ª edição.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.