A+ / A-
Liga das Nações

Cillessen admite que desgaste não ajudou a Holanda

10 jun, 2019 - 12:43

Guarda-redes da Holanda desiludido com a derrota, mas certo de que a seleção laranja terá um futuro brilhante.

A+ / A-

Jasper Cillessen não utiliza o argumento como desculpa, mas reconhece que teve peso na final da Liga das Nações, frente a Portugal. Os jogadores holandeses entraram em campo mais desgastados, depois de terem tido menos 24 horas de descanso, e mais 30 minutos de jogo, devido ao prolongamento que tiveram de disputar frente a Inglaterra, na meia-final.

"Mais descanso poderia ter ajudado. Nós jogámos 120 minutos e foi um jogo difícil com Inglaterra", reconhece o guarda-redes, que se resigna com o resultado: "Foi como foi e não podemos mudar nada".

A Holanda perdeu, por 1-0, com Portugal, falhou a conquista da Liga das Nações, mas os holandeses regressam a casa convictos de que o futuro será de sucesso. "Se olharem para onde estávamos há um ano e meio e para onde estamos concluem que tivemos uma grande evolução. Mas ainda não estamos onde queremos, porque pretendemos estar nas fases finais. Temos muitos jogadores jovens com talento e são a força da nossa equipa, neste momento", sublinha.

Cillessen, de 30 anos, é um dos mais experientes dos jogadores habitualmente chamados por Ronald Koeman. A Holanda falhou a presença nas fases finais do Euro 2016 e do Mundial 2018.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.