|
A+ / A-

Liga das Nações

Marcelo. "Portugal foi hoje o melhor dos melhores"

09 jun, 2019 - 23:01

O Presidente da República destacou a conquista da Liga das Nações no arranque das celebrações do 10 de junho.

A+ / A-

Marcelo Rebelo de Sousa destacou, este domingo, a conquista da Liga das Nações no arranque das celebrações do dia 10 de junho, Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas.

O Presidente da República disse hoje que é "uma alegria" Portugal ser o primeiro vencedor da primeira Liga das Nações, em especial em casa, considerando que os lusos foram "os melhores dos melhores" ao vencerem a Holanda, por 1-0.

"É uma alegria, numa competição que arranca, o primeiro vencedor ser Portugal e em Portugal. Começamos assim o Dia de Portugal", disse Marcelo Rebelo de Sousa, considerando que a seleção portuguesa fez "um golo excecional", mas também sofreu frente a uns "holandeses muito fortes".

O chefe de Estado falava, em declarações à RTP, na zona VIP do Estádio do Dragão, onde Portugal defrontou a seleção holandesa.

Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou a "projeção no mundo" que uma vitória destas representa para Portugal, declarando-se "muito feliz" com o resultado do encontro.

"Costumo dizer que quando somos muito bons somos os melhores dos melhores e hoje fomos", acrescentou.

O Presidente da República, que na segunda-feira viaja para Cabo Verde para a segunda parte das comemorações oficiais do Dia de Portugal, fez questão de partilhar com os cabo-verdianos a vitória de hoje, mas também a do Campeonato Europeu de futebol.

"Para Cabo Verde levamos a taça do Euro porque vários jogadores [da seleção] eram cabo-verdianos como também aqui um jogador vencedor é cabo-verdiano. Há uma parte da vitória de Portugal no Euro como também hoje que é cabo-verdiana", disse.

"Vou cumprimentar os jogadores e vou para cabo verde", concluiu o chefe de Estado.

Um golo de Gonçalo Guedes permitiu hoje à seleção portuguesa de futebol conquistar a primeira edição da Liga das Nações, com um triunfo por 1-0 na final com a Holanda, no Estádio do Dragão, no Porto.

O jogador do Valência, que substituiu no 'onze' João Félix em relação às meias-finais, resolveu o encontro aos 60 minutos, com um remate à entrada da área, após um passe de Bernardo Silva.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.