O Mundo em Três Dimensões
Números que contam histórias de segunda a sexta-feira (05h40, 17h50 e 21h05).
A+ / A-
Arquivo
O Mundo em Três Dimensões - Rali de Portugal - 30/05/2019
O Mundo em Três Dimensões - Rali de Portugal - 30/05/2019

O Mundo em Três Dimensões

​1.400 quilómetros em quatro dias. Arranca o Rali de Portugal

30 mai, 2019 • André Rodrigues , Paulo Teixeira (sonorização)


O Rali de Portugal está prestes a ir para a estrada. Durante quatro dias, os pilotos vão percorrer 1400 quilómetros divididos por 20 especiais, para um público estimado de um milhão de espectadores.

A partida oficial do Rali de Portugal acontece na tarde desta quinta-feira em Coimbra, mas é a partir de sexta-feira que começam as emoções a sério para quem é fã de desporto automóvel.

Um dos grandes atrativos da edição deste ano é o regresso a Arganil. A 260 quilómetros de Lisboa e a 160 quilómetros do Porto, bem no centro do país, é, para muitos, a capital do rali.

Um concelho com 12 mil habitantes que vai receber três, quatro ou cinco vezes mais o número de residentes só para ver os carros a passar.

São 14 quilómetros em terra batida, a serpentear as serras do concelho. Uma vez de manhã, outra vez à tarde. Se a isso juntarmos as duas passagens pela Lousã e por Góis, estamos a falar de 91 quilómetros de competição só no primeiro dia.

São 91 quilómetros num total de 1.400, 300 dos quais disputados ao cronómetro em 20 especiais de qualificação. São alguns dos números deste fenómeno de popularidade.

De acordo com a organização, o Rali de Portugal junta aproximadamente um milhão de espectadores em quatro dias. Aqueles que se apinham junto à estrada, aqueles que à passagem de cada carro levam com, pelo menos, meio quilo de pó, ficam com os olhos a arder e ainda assim saem de lá todos contentes porque tiram fotografias que vão para álbuns de recordações, com páginas e páginas de histórias de convívio com os amigos com muita comida e cerveja à mistura. É esse o espírito do rali.

Portugal representa mais de 25% do público que segue o campeonato do mundo de ralis. No ano passado, o Rali de Portugal gerou uma receita direta de 138 milhões de euros e este ano esse retorno pode aumentar.

E depois, há a exposição para o exterior através das televisões. De acordo com o critério de valor monetário das notícias, o Rali de Portugal gerou 65 milhões de euros resultantes de mais de 1.100 horas de exposição internacional em países como a França, a Finlândia, a Bélgica, a Polónia, o Japão, a Espanha, a Suécia, a Alemanha ou a República Checa.

E, já agora, só para acabar, sabia que cada pneu de um carro de rali pode pesar qualquer coisa como oito quilos e meio? Ora, oito quilos e meio vezes quatro rodas, dá 34 quilos.

E cada dia de rali pode queimar até quatro quilos de borracha por pneu, sobretudo se o piloto gostar de carregar a sério no acelerador.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.