A+ / A-

Relator pede agravamento da pena de Lula da Silva

24 jan, 2018 - 16:55

O juiz considera que ficou provado que o antigo Presidente é o verdadeiro proprietário de um apartamento de luxo, que será uma contrapartida por favorecimento a uma construtora. Falta ouvir a opinião de outros dois desembargadores.
A+ / A-

Um dos juízes que está a reapreciar o caso de Lula da Silva mantém a condenação do ex-Presidente brasileiro e pediu esta quarta-feira um agravamento da pena.

Lula da Silva foi inicialmente condenado a nove anos e seis meses de prisão. No recurso, o relator do Tribunal de Porto Alegre defende agora um aumento da pena para 12 anos e um mês de cadeia.

O juiz Gebran Neto considera que ficou provado que o antigo Presidente é o verdadeiro proprietário de um apartamento de luxo, que será uma contrapartida por favorecimento a uma construtora.

"A culpabilidade de Lula é extremamente elevada", declarou Gebran Neto.

A decisão final ainda não foi tomada. Dois outros juízes desembargadores do mesmo tribunal ainda se vão pronunciar, esta quarta-feira, sobre o futuro de Lula da Silva.

O recurso foi antecedido de manifestações a favor e contra Lula da Silva, que se pretende candidar às próximas eleições presidenciais.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    23 jul, 2018 19:24
    Porque é que há tanto idiota nas caixas de comentários que acredita na "justiça" brasileira? São burros?
  • Para refletir...
    24 jan, 2018 Almada 18:49
    A ser verdade alguns políticos são "burros", pois criaram um poder não eleito democraticamente que tem mais poder que eles e criaram leis que depois violam e assim são condenados. Se fossem mais inteligentes, não aprovam leis que permitem depois serem condenados. Depois alguém vai verificar se os tribunais têm razão? Ou será que não interessa se eles têm razão? Como se diz, errar é humano! Para terminar é bom não esquecer que Lula foi eleito democraticamente e agora está à frente nas sondagens.
  • Mafurra
    24 jan, 2018 Lisboa 18:21
    Se receber um apartamento por pagamento dum favor é corrupção, então esse juiz que venha depressa para Portugal, porque isso cá não é nada. Nós cá temos coisa muito melhor e maior. Ele são Submarinos, ele são Bancos, ele são Panamá papers, ele são Empresas de Comunicação, ele são negócios com Angola... eu sei lá. É só escolher...
  • CADEIA JÁ
    24 jan, 2018 Lx 17:21
    Cadeia com este charlatão..:Acabou a mentira gente...As manas Mortáguas podem ir lá vê-lo depois e dar-lhe tabaco...