Espaço do Consumidor
Um espaço para responder a todas as dúvidas dos consumidores (terças e quintas, depois das 11h15)
A+ / A-
Arquivo
Espaço do Consumidor - Black Friday - 23/11/2017
Espaço do Consumidor - Black Friday - 23/11/2017

Espaço do Consumidor

Black Friday. Saiba como defender-se das armadilhas

23 nov, 2017


São várias as estratégias utilizadas pelas lojas, físicas e online, para apanhar os consumidores desprevenidos e levá-los a comprar mesmo o que não precisam.

Amanhã é dia de “Black Friday” e, depois disso, chega a Cyber Monday, a segunda-feira seguinte com promoções feitas nas lojas online. Ambas, alturas ideais para aplicar estratégias para vender mais.

Se quer escapar às armadilhas, pode utilizar desde já duas ferramentas:

- O comparador de preços da Deco: permite ver a variação de preços de um produto numa loja online nos últimos sete dias, um mês ou três meses. Se o preço subiu semanas antes da “Black Friday” e agora está mais baixo, o desconto pode ser enganoso. O resultado é mostrado através de semáforos que aconselham, ou não, a compra desse produto.

- Saber que marcas aderem à “Black Friday” este ano: fica a saber que marcas vão fazer descontos. A lista tem 77 lojas com descontos até 85%.

Fora de dias específicos, há outras estratégias que as lojas têm vindo a adoptar para vender mais. Por exemplo:

- A luz: a forma como está direcionada para determinados pontos e os focos de várias cores influencia a escolha do consumidor.;

- A música alta e bem ritmada: ao ritmo da música, aumenta a probabilidade de uma compra mais compulsiva;

- “Última oportunidade”: cria a ideia de urgência, o que leva muitos consumidores a tomar decisões precipitadas;

- Descontos “até 70%”, por exemplo: dá a ideia de grandes descontos, mas a maior parte dos artigos tem descontos bastante inferiores;

- Aromas e perfumes: nunca lhe aconteceu comprar pão ou morangos só por causa do cheiro que invade o supermercado? Às vezes é só aroma.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.