Tempo
|
A+ / A-

Moreira dispensa Eurovisão e já disse a Costa que quer a Agência Europeia do Medicamento

16 mai, 2017 - 17:15

"Escrevi uma carta, não a reivindicar, mas a mostrar o nosso interesse”, revelou Rui Moreira, para quem "o mais importante é que venha para Portugal".

A+ / A-

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, revelou, esta terça-feira, que escreveu ao primeiro-ministro a “mostrar o interesse” em acolher a sede da Agência Europeia do Medicamento, que deve abandonar Londres com a saída do Reino Unido da União Europeia.

“Temos, no Porto, grandes competências para acolher a agência. O mais importante é que venha para Portugal. Quisemos expor os nossos argumentos para a acolher. Escrevi uma carta, não a reivindicar, mas a mostrar o nosso interesse”, disse Rui Moreira, referindo-se à candidatura que Portugal apresentou em Abril para Portugal acolher a Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla original).

O autarca fez a revelação depois de manifestar não ter interesse que a autarquia gaste “30, 40 ou 50 milhões de euros” para o Porto acolher o festival da Eurovisão, rejeitando a sugestão do vereador do PSD Ricardo Almeida para “forçar a RTP a fazer um concurso público transparente” para decidir qual a cidade que vai acolher o evento.

Salvador "feliz" por dar visibilidade à música portuguesa
Salvador "feliz" por dar visibilidade à música portuguesa

“Relativamente à EMA, escrevi uma carta ao primeiro-ministro a louvar o interesse português em ficar com a agência, que não é um epifenómeno. Quanto à Eurovisão, acho que ainda está tudo no suponhamos, mas se há uma cidade que quer pagar, por mim, dispenso”, afirmou Rui Moreira.

A questão foi levantada pelo vereador social-democrata Ricardo Almeida, que sugeriu que Moreira liderasse “um processo que force a RTP a fazer um concurso público transparente, para que a decisão [sobre a cidade portuguesa que vai acolher o festival da canção em 2018] não seja feita num directório em Lisboa”.

“A RTP, eventualmente, não vai fazer um concurso público, como têm feito outros países para escolher a cidade realizadora do próximo festival da canção”, referiu o social-democrata.

“Li, até com estupefacção, os valores envolvidos. Com esse valor, construíamos um sítio”, respondeu Rui Moreira.

Salvador trouxe o caneco da Eurovisão. E fez história
Salvador trouxe o caneco da Eurovisão. E fez história

Vários órgãos de comunicação social indicaram na segunda-feira o Meo Arena como a hipótese mais provável para a realização do Festival Eurovisão da Canção de 2018 em Portugal, na sequência da vitória de sábado de Salvador Sobral.

Sobre a EMA,o candidato do PSD à Câmara do Porto, Álvaro Almeida, já havia defendido no final de Abril que a agência deveria ser instalada naquela cidade uma vez que, disse, "tem as melhores condições logísticas e humanas" para a acolher.

"Esperamos sinceramente que o presidente da câmara perceba a importância desta oportunidade e o significado que teria para o desenvolvimento sustentado e diversificado de que o Porto necessita e o faça ver junto do Governo", referiu então.

[Notícia corrigida às 19h24]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Bela
    16 mai, 2017 Coimbra 23:26
    Cá para mim, já há quem queira tirar proveito do facto.Já ouvi mencionar a questão do alojamento, proximidade, etc., etc... Convém não esquecer que quando se realizou a Expo98, houve chicos-espertos que tiveram ideias megalómanas, alugando barcos que depois ficaram vazios e outras tretas do género.
  • Carlos Oliveira
    16 mai, 2017 Lisboa 20:30
    Por 20 milhões eu faço. Isto está tudo doido.
  • XUXAS E XUXAS
    16 mai, 2017 Lx 19:35
    O Rui Moreira, já sabes que quem se mete com os xuxas leva....Levas umas bofetadas do Santos Silva ou do Janica Soares, esses dois prodigíos da democracia além do velho Coelhone...
  • MMS
    16 mai, 2017 CARCAVELOS 19:07
    30 mil euros!.. Estes jornalistas não têm noção da realidade. Não serão 30 milhões? 30 mil euros!!!!!.... há cada uma!!!!
  • Dias
    16 mai, 2017 Lx 19:06
    Não é 30 mil euros mas sim 30 milhões.
  • João
    16 mai, 2017 Seia 18:41
    Só €30.000 ???...
  • Alex
    16 mai, 2017 Lisboa 18:28
    Mas será que na Comunicação Social que faz estas pseudo comunicações ninguém confira os dados ou os números que referem ??? 30 000 Euros.... Pesquisem lá isso melhor sff...
  • Carlos
    16 mai, 2017 18:09
    E porque tem de ser no Porto ou Lisboa? Porque não Vila Real, Viseu, Castelo Branco, Beja, Évora, etc?
  • jcs
    16 mai, 2017 FNC 17:53
    Depois da polémica que o sr. Rui Moreira arranjou relativa às Autárquicas ele que se prepare para ver a EMA por um canudo e que espere sentado, para sacana, sacana e meio diz o Povo e bem.
  • Rui
    16 mai, 2017 Lisboa 17:35
    A EMA vir para Portugal seria um fenómeno igual ao Euro 2016 ou à Eurovisão. Seria fenomenal, ficando no Porto, em Beja ou no Funchal.