RR
|
A+ / A-

Manifestantes anti-eutanásia querem saber o que pensa Marcelo

01 mai, 2017 - 19:29

Contra a eutanásia, o silêncio e a indiferença, dezenas de pessoas saíram às ruas de Lisboa. O socialista Cláudio Anaia lamentou a postura do seu partido e desafiou o Presidente da República a dizer o que pensa a questão.

A+ / A-

Veja também:


Mais de uma centena de pessoas manifestaram-se esta segunda-feira, em Lisboa, contra a legalização da eutanásia e a falta de debate. O Presidente da República foi desafiado a manifestar a sua posição.

Os manifestantes concentraram-se em frente à Assembleia da República para chamar a atenção para os perigos de tornar a eutanásia legal.

O socialista Cláudio Anaia lamentou a postura do seu partido e desafiou o Presidente da República a dizer o que pensa a questão.

“Eu queria fazer um desafio ao senhor Presidente da República. Eu conheço o professor Marcelo Rebelo de Sousa, já fez campanha comigo em referendos pela vida no passado e queria saber a opinião dele. O professor Marcelo Rebelo de Sousa tem uma maneira muito própria de ser e de estar na vida política, de proximidade e de afectos, e nós gostávamos de saber qual é a opinião dele sobre esta matéria”, apela Cláudio Anaia.

Sofia Guedes, do movimento Stop Eutanásia, que organizou esta iniciativa, chama a atenção para importância de trazer este tema para as ruas.

“É importante perceber que nós somos seres vivos, somos dotados de vida e movimento e nada como mostrarmo-nos, estarmos e falarmos uns com os outros. A opinião pública não sabe [muito sobre eutanásia] e este tema está a ser muito abafado”, alerta Sofia Guedes.

Pedro Vaz Patto, presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz, também considera que é preciso quebrar o silêncio.

“A vida humana é inviolável, diz a Constituição, e com a proposta de lei de legalização da eutanásia é posto em causa esse princípio. Temos que reagir a isto, perante uma situação destas não é o silêncio e a indiferença que nos é pedido. É necessário manifestar a ideia de que a morte provocada não é resposta para o sofrimento e para a doença”, defende Pedro Vaz Patto.

A manifestação contra a eutanásia terminou na basílica da Estrela onde os participantes estiveram em vigília.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vitor Lopes
    29 mai, 2018 Barreiro 09:20
    Também sou militante do PS e sou contra a Eutanásia!
  • Eduardo Pascoal
    28 mai, 2018 Almada 23:44
    Não vi , o meu camarada Cláudio Anaia nos últimos tempos em campanha Anti- Eutánasia. Uma pena, é dos poucos que de forma esclarecida e com frontalidade que diz aquilo de forma cosciente e sem medos. Sou socialista e contra a eutánasia.
  • Filipa
    22 mai, 2017 Pinhal Novo 20:03
    Boa tarde, penso que este assunto é um pouco delicado e que pode suscitar várias questões e deixar trazer várias opiniões. No meu ponto de vista penso que a eutanásia é uma forma de minimizar o sofrimento de alguém que já não tem saída contra doença....apesar de a vida humana ser inviolável...o ser humano também não tem de sofrer sofrer sofrer até morrer... podemos morrer de forma digna. Não há necessidade de esperarmos a sofrer pelo dia do juizo final.
  • mendes
    22 mai, 2017 braga 12:52
    estes esquerdistas nao sabem fazer mais nada que nao seja apoiar minorias e fazer leis que nem ao diabo lembra -e velho mata se esta doente mata se- esta desgostoso com a vida porque nao tem pao mata se -o marido abandonou-a ela esta canssada da vida mata se-eu tenho 67 anos minhas filhas estao criadas meus netos tambem nao faco ca nada matem me haja paciencia para aturar estes assassinos
  • Cristina Cardoso
    06 mai, 2017 Castelo Branco 08:04
    E uma semana depois o Marcelo, não respondeu.... O homem está mais preocupado com a sua reeleição......
  • Mauro Silva
    04 mai, 2017 Barreiro 17:16
    Estive na manifestação e não esqueço a frase da ordem : " Vida SIM , Eutanásia NÃO ! " O Marcelo não vai dizer nada , porque quer os votos do PS e de outras esquerdas para a sua reeleição !
  • Fatima Filipe
    03 mai, 2017 Guimarães 22:21
    Sou uma mulher socialista , catolica e autarca na minha freguesia. Quero dizer que estou de acordo com o Cláudio Anaia
  • José Pedro Mexia
    03 mai, 2017 Faro 13:52
    Finalmente ! Como católico acho a nossa igreja adormecida. Precisamos urgentemente de Anaias, Vaz Patos e Sofias Guedes para mostrar a nossa posição contra a politica de morte que temos vivido últimamente. Que nunca vos doa a voz ! Sim á vida, Não á Eutanasia !
  • Paulina Batista
    03 mai, 2017 Ourém 12:31
    Ainda há pouco tempo o Marcelo dizia existir pouco catolicos de esquerda. Coloquem os olhos neste Cláudio Anaia, Fantastico ! Será que o Marcelo vai se esquecer que é católico ? Oh humildemente vai responder.... Aguardemos
  • luis silva
    03 mai, 2017 Lisboa 00:04
    Apoiado !