A+ / A-

“Inocente”, diz “El Chapo"

20 jan, 2017 - 21:07

O líder do cartel de Sinaloa foi deportado para os Estados Unidos.
A+ / A-

O barão da droga Joaquin Guzman, "El Chapo", declarou-se “inocente” de todas as acusações.

Aquele que é considerado o líder do maior cartel de droga do mundo foi extraditado pelo México a pedido dos Estados Unidos.

"El Chapo" foi presente ao juiz num tribunal federal de Brooklyn.

O suspeito foi recapturado no início do mês passado, meses depois de uma espectacular fuga da prisão de alta segurança de Altiplano, no México.

Joaquin “El Chapo” Guzman tinha escapado através de um túnel com um quilómetro e meio de comprimento.

O líder do cartel de Sinaloa, um dos mais brutais do México, responsável por 25% de toda a cocaína que entra nos Estados Unidos, tinha tanto dinheiro (sujo) que chegou a fazer parte da lista dos mais ricos do mundo.

Quanto foi capturado, o homem mais procurado do planeta tinha planos para fazer um filme sobre a sua vida. Chegou mesmo a ser entrevistado pelo actor Sean Penn, para a revista “Rolling Stone”.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Mafurra
    29 jan, 2017 Lisboa 11:05
    Pode ser que agora lhe façam também a ele "algumas brutalidades" ! Só para experimentar...
  • Sempre Atento
    21 jan, 2017 Beira Interior 08:39
    Este mânfio tem sentido de humor, agora numa prisão americana logo vês.
  • Gustavo Woltmann
    21 jan, 2017 01:37
    claro que é inocente