A+ / A-

D. Manuel Clemente. Católicos têm muito que fazer no exercício da propagação da fé

05 nov, 2016 - 21:28

Cardeal esteve no encerramento de um congresso de profissionais católicos.
A+ / A-

O Congresso das Associações de Profissionais Católicas foi um êxito e vai ter continuidade, garante o Cardeal Patriarca de Lisboa, na sessão de encerramento na Universidade Católica.

D. Manuel Clemente lembrou que os cristãos têm que fazer jus ao nome que Jesus lhes deu. E esse nome é " fermento", que ajuda a levedar a massa.

“Diz Jesus, é como que um pouco de fermento a levedar toda a massa. Esta massa pode-se tomar um sentido muito genérico ou pode-se tomar um sentido mais articulado, ou seja, com aquilo que cada um de nós é e cada um de nós desempenha ou desempenhou ou continua a integrar que é as profissões. Quando se fala em profissão, nós estamos a fazer aquilo que nos define como cristãos e como fermento. É importantíssimo que nós nos retomemos como tais. Temos muita coisa para oferecer ao mundo, ou seja, tudo aquilo que recebemos de Jesus Cristo na força do seu espírito para levar por diante, profissão a profissão, operando sempre”, disse.

D. Manuel Clemente alerta que os católicos têm muito que fazer no exercício da propagação da fé, através das actividades em que estão inseridos.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.