O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Reportagem

Fátima na Bielorrússia. Uma chama que a URSS não apagou

Durante a URSS, os cristãos bielorrussos viram as igrejas serem fechadas e o culto público proibido. Fátima deu-lhes esperança – uma chama que vive. A devoção dos bielorrusos por Nossa Senhora de Fátima leva-os, em ano de centenário das aparições, a peregrinar pelo país.
Reportagem multimédia

Os mistérios da fé

Elvira veio do Uzbequistão até Fátima, onde descobriu a religião que lhe dá liberdade. João julgava-se o "dono do mundo", deu um tiro noutra pessoa e foi salvo pela fé. Maria trocou de vida numa semana: vendeu móveis, louças e casa para ter um quarto com vista para o Santuário. Nuno quer que as pessoas ouçam os pardais e os melros da Cova da Iria. Os caminhos da fé são diversos, misteriosos. Nesta história, todos vão dar a Fátima.
Sugerimos
Prémio Gazeta Multimédia 2015

20 anos são dois dias

Reportagem multimédia

Os guardiões da costa