O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Alemanha. Manifestação contra endurecimento da lei de asilo

16 set, 2017 - 18:14

Pelo menos cinco mil pessoas participaram no protesto em Berlim.
A+ / A-

Milhares de pessoas participaram, em Berlim, na chamada "marcha anti-racista", convocada contra o endurecimento da lei do asilo e a favor do direito de todos os emigrantes permanecerem na Alemanha.

Segundo fontes da polícia da capital alemã, a marcha contou com mais de cinco mil pessoas. Pelo seu lado, os organizadores garantem que os manifestantes eram mais de 7.500, reunindo emigrantes, refugiados e activistas de esquerda provenientes de toda a Alemanha.

"Trinta autocarros com refugiados de todo o país vieram à manifestação. Contámos com milhares de participantes", avançou um porta-voz da organização ainda antes do arranque da marcha.

A intenção da marcha foi a de dar voz "a quem não é habitualmente escutado", uma semana antes das eleições gerais na Alemanha.

Os manifestantes percorreram o bairro onde fica situada a sede do Governo, no centro da cidade, exibindo cartazes com frases como "Emigrantes bem-vindos", "Basta de guerra aos emigrantes" e "O asilo não é negociável".


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Mario
    17 set, 2017 Portugal 12:47
    Estes nem sabem o que querem, Pois já e outro paraíso islâmico e continuara a ser....