O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Passos Coelho. “Nós não falhámos"

16 set, 2017 - 17:42

Líder social-democrata lembra que "todos os partidos que compõem a geringonça sempre se opuseram àquele que foi o caminho que permitiu a recuperação do país".
A+ / A-

O presidente do PSD acusa o Governo de "não estar à altura dos acontecimentos" na retórica sobre o 'rating', salientando que a saída de Portugal do 'lixo' só foi possível porque o anterior executivo não falhou.

Durante uma visita à Adega Cooperativa de Penalva do Castelo (Viseu), no âmbito da campanha autárquica, Passos Coelho foi questionado sobre as críticas do PS e da esquerda, depois de António Costa ter sublinhado que foi o PS que "virou a página" da austeridade.

"Quando as pessoas que estão no Governo querem vender factos que não existem e retóricas que não têm adesão à realidade, mostram que não estão à altura dos acontecimentos", acusou.

O líder do PSD salientou que, depois de saber a notícia na sexta-feira, já tinha antecipado que o PS e os "restantes partidos da geringonça" poderiam querer apresentar esta subida do 'rating' português como "uma derrota do PSD" ou como "resultado de uma opção muito correcta deste Governo".

"Parece-me que acertei, não é? (...) Esta conversa só é possível porque na devida altura nós não falhámos, se tivéssemos falhado, esta conversa, esta prosápia toda não tinha existido", afirmou, considerando que se Portugal tivesse seguido as opções da Grécia "estaria nesta altura a negociar resgates e não a virar páginas".

O líder do PSD reiterou que a subida de 'rating' podia ter acontecido mais cedo se não tivesse havido mudança de Governo e prometeu voltar ao tema à noite no jantar em Viseu.

"Todos os partidos que compõem a geringonça sempre se opuseram àquele que foi o caminho que permitiu a recuperação do país", criticou.

Hoje, em Bragança, o secretário-geral do PS, António Costa, afirmou que foi o Governo PS que "virou a página do 'lixo'", em resposta à reacção dos partidos da direita sobre a subida do país nas avaliações das agências internacionais de 'rating'.

"A direita bem pode dizer que teria feito o mesmo. Há uma coisa que nós sabemos: não fez e nós fizemos", vincou o líder socialista e primeiro-ministro num comício de apoio à candidatura do PS à Câmara de Bragança, um concelho PSD há 20 anos.

A agência de notação financeira Standard and Poor's decidiu na sexta-feira tirar Portugal do 'lixo', revendo em alta o 'rating' atribuído à dívida soberana portuguesa de 'BB+' para 'BBB-', um primeiro nível de investimento.

Com esta revisão em alta para 'BBB-', com perspectiva 'estável', Portugal volta a ter uma notação de investimento, atribuída por uma das três principais agências de 'rating' mundiais.

Desde 2012 que a agência atribuía à dívida soberana portuguesa um 'rating' 'BB+', a nota mais elevada de não investimento, com uma perspectiva 'estável'.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Antonio
    16 set, 2017 Mirandela 19:03
    Gostava de saber se este "SENHOR" alguma vez olhou para o espelho e reparou que está a ver um "MENTIROSO" ???
  • Lino Vila
    16 set, 2017 Tabua 18:34
    Este tipo não tem vergonha na cara. Disse que vinha aí o diabo, que ia tudo correr mal. Afinal este Governo faz o contrário da PAF e resolve o que a PAF só enterrou. E o Coelho ainda vem com conversas? Ganha juízo Coelho e fecha a matraca que já não se te escuta.
  • Este gajo pifou!
    16 set, 2017 Pt 18:05
    Já nem sabe o que diz!...É um verdadeiro atentado à nossa inteligência!
  • Pois!
    16 set, 2017 Lis 18:01
    Mete-se nos copos e não diz coisa com coisa!...Este tipo não se enxerga! Deve sofrer de patologia incurável! Já não há remédio que resista a este virus!