O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-
Mané

"Estava mais preocupado com o guarda-redes do que com o cartão"

14 set, 2017 - 10:49

Avançado do Liverpool falou pela primeira vez da entrada que deixou marcas na cara de Ederson, no último Manchester City-Liverpool, para a Premier League.
A+ / A-

Sadio Mané confessa a sua preocupação após atingir Ederson Moraes, guarda-redes ex-Benfica do Manchester City, no passado fim-de-semana.

O avançado senegalês falou pela primeira vez do lance o brasileiro, uma entrada dura na cara do guardião, que lhe valeu um cartão vermelho directo e um castigo de três jogos de suspensão.

"Estava mais preocupado com o guarda-redes do que com o cartão e, quando vi vermelho, fiquei surpreendido, porque estava à espera de amarelo. Aceito e vou tentar ultrapassar isto. Fui à bola e não tive intenção de o magoar, não sou esse género de jogador. Desejo-lhe uma recuperação rápida", declarou Mané.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.