O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Quer observar o britango e a águia perdigueira? Pode fazê-lo nas Arribas do Douro

22 jun, 2017 - 16:53 • Olímpia Mairos

O festival ObservArribas vai decorrer ao longo de todo o Parque Natural do Douro Internacional (PNDI), considerando pelos especialistas como um "verdadeiro santuário" para a nidificação de aves rupícolas.
A+ / A-

Miranda do Douro prepara-se para acolher, entre sexta-feira e domingo, o primeiro festival ibérico dedicado à conservação da natureza e observação de aves.

O ObservArribas que conta com mais de meia centena de actividades resulta de uma parceria entre o município de Miranda do Douro, no distrito de Bragança, o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas e o projecto transfronteiriço "Life Rupis", que se dedica à conservação do britango e águia perdigueira.

Segundo o coordenador do festival, Joaquim Teodósio, a iniciativa oferece "um programa diversificado com actividades de observação de aves, passeios na natureza, palestras, actividades para os mais novos e ainda momentos culturais e gastronómicos".

As iniciativas vão decorrer ao longo de todo o Parque Natural do Douro Internacional (PNDI), que é considerando pelos especialistas como um "verdadeiro santuário" para a nidificação de aves rupícolas.

Em Miranda do Douro vai decorrer uma feira com cerca de 40 expositores, dedicados à ornitologia, turismo de natureza, alojamentos turísticos e gastronomia.

A iniciativa pretende chamar a atenção para os valores de avifauna e valores naturais que abundam neste troço da fronteira, que do lado português se prolonga pelo concelho de Miranda do Douro, Mogadouro, Freixo de Espada à Cinta e Figueira de Castelo Rodrigo.

"É preciso mostrar ao país e ao estrangeiro a muita oferta turística que existe nesta região de fronteira e todo o seu potencial", defende Joaquim Teodósio, realçando que o evento acontece numa "região onde se juntam dois parques naturais ibéricos de grande valor ambiental e cultural".

Grande parte das actividades será gratuita, para quem queira participar e desenvolvem-se pelas duas áreas protegidas transfronteiriças, Parque Natural do Douro Internacional e Parque Natural das Arribes del Duero, do lado espanhol.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.