O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Maradona gostaria que Ronaldo fosse argentino

20 jun, 2017 - 13:15

Se tivesse de escolher, "El Pibe" optaria por Messi, mas diz que o seu compatriota "não é muito mais que Ronaldo".
A+ / A-

Diego Armando Maradona é um admirador de Cristiano Ronaldo e confessa, numa entrevista à televisão "TyC Sports", que gostaria que o jogador português "fosse argentino".

"Prefiro o Messi, porque joga à bola, mas o outro é um animal, é incrível. Gostaria que o Cristiano fosse argentino", declarou "El Pibe".

Na comparação directa entre aqueles que são considerados os dois melhores do mundo, Maradona reforça que ficaria com Messi, mas sublinha que o argentino "não passa por cima do Cristiano". "Temos um futebol que nos leva a gostar mais de quem joga com a bola no pé, mas o Messi não é muito mais que o Ronaldo", completou.

Maradona, de 56 anos, é actualmente o treinador do Al-Fujairah, dos Emirados Árabes Unidos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Antonio Passeira
    20 jun, 2017 Lisboa 14:13
    Também eu gostaria