O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Sporting

Vilas Boas é a voz do amigo Coentrão. Regresso deve-se ao "factor Jesus", depois de ter "amado o Benfica"

20 jun, 2017 - 12:45 • Rui Viegas

Vila-condense passou as últimas horas com o novo reforço dos leões, amigo e ex-colega de equipa. André Vilas Boas está ainda convicto de que Fábio Coentrão vai voltar à selecção.
A+ / A-

O amigo e ex-colega de equipa de Fábio Coentrão, André Vilas Boas, tem passado as últimas horas com o próximo reforço do Sporting e garante que Coentrão está "motivado" para voltar a ser o jogador que era. Agora, de leão ao peito.

Em declarações à rádio espanhola Onda Cero, o presidente do Real Madrid Florentino Pérez confirmou, na passada noite, a saída do esquerdino para Alvalade.

Vilas Boas, em entrevista a Bola Branca, garante que foi o"factor Jesus" que levou a este regresso, revelando - por outro lado - como encontrou o amigo.

"O Fábio vem para o país dele, onde se sente acarinhado. Passou algum tempo sem jogar devido a uma lesão, mas está bem. O treinador deseja-o, ele quer vir, é a comunhão perfeita", considera, destacando o "factor Jesus", treinador que apostou em Coentrão no Benfica.

"Um jogador também procura isso [carinho] na carreira. Ele está motivado, quer muito ajudar o Sporting e voltar a ser o Fábio que era", conta o jogador do Rio Ave, que desvaloriza as críticas ao facto de Fábio Coentrão se contradizer com esta transferência, depois de um dia ter dito que em Portugal só jogaria no Benfica.

O amor ao Benfica e o desejo do Sporting

"O Fábio só tem que se focar no clube para onde vai. Ele gostou muito de estar no Benfica, as pessoas gostaram muito do trabalho dele, mas não se podem esquecer o muito que ele deu ao Benfica. Há muito que o Benfica não era campeão. Ele amou o Benfica, deu muito dinheiro ao Benfica, suou a camisola do Benfica, mas o Sporting foi o clube que manifestou o maior interesse", defende André Vilas Boas.

Aos 29 anos, o "caxineiro" tem ainda outro objectivo para o futuro: voltar à equipa das quinas, após os últimos anos de "madridismo" terem sido sinónimo de afastamento das convocatórias. Vilas Boas não duvida que Coentrão voltará a vestir a camisola de todos nós, até porque "é o melhor" na sua posição.

"Toda a gente sabe do seu valor. É o melhor lateral-esquerdo de sempre de Portugal, na minha opinião, e se as coisas correrem naturalmente isso irá acontecer [regresso à selecção]. Era bom para a selecção e era bom para ele", termina.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel
    20 jun, 2017 Moura 18:23
    Antes de ingressar no Benfica a imprensa dizia que ele e a família eram adeptos do Sporting, agora é natural que depois de ter jogado no Benfica ficasse a gostar do clbe.