O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-
Jorge Jesus

"Mãozinha" ao FC Porto? "Sporting não tem nada a ver com isso"

21 abr, 2017 - 18:39

Treinador dos leões foca-se no objectivo de vencer o dérbi e não em ajudar os dragões a conquistar o título ao líder Benfica. Triunfo diante dos encarnados "não salva nada" quanto a época fracassada do Sporting.
A+ / A-

Jorge Jesus não se mostra interessado nas contas da corrida pelo título que possam sair do dérbi entre Sporting e Benfica. Com os leões longe da disputa pelo campeonato, na qual estão activamente envolvidos águias e dragões, o técnico verde e branco só se foca na "qualidade de jogo" e no objectivo de vencer o eterno rival. Quanto a uma eventual "mãozinha" ao FC Porto, "JJ" garantiu que o foco não é esse.

"O que é importante para o Sporting é jogar com qualidade e ganhar. Quanto a terceiros, o Sporting não tem nada a ver com isso. O Sporting tem de ter paixão, responsabilidade, pressão, crença e identidade para ganhar seja a quem for. O que o resultado vier a definir, não é importante para nós", assegurou, esta sexta-feira, em conferência de imprensa de antevisão do dérbi da jornada 30 da Primeira Liga.

Vitória no dérbi "salva" época? "Não salva nada"

Numa outra perspectiva, a questão impunha-se. Um triunfo sobre o Benfica "salva" a época fracassada dos leões?

"Salvar não salva nada", reagiu. "O Sporting vive de uma identidade de vários anos de títulos. É verdade que não os ganha há muitos anos. O Sporting está num processo de recuperação, nestes dois anos em que cá estou. No primeiro ano, fizemos uma grande época. Este ano, não estamos a discutir o título com os nossos rivais. Era o que pretendíamos e é isso a que estou habituado. Cada vez mais estou mais perto. Cada vez mais estamos a montar uma estrutura que permita combater os nossos rivais. O caminho está a ser traçado e estamos no caminho certo", comentou, prometendo colocar em campo uma equipa com mentalidade de vitória.

"Um Sporting-Benfica é uma paixão. São jogos com características, queiramos ou não, sempre diferentes, porque há o sentimento de rivalidade e isso faz com estes jogos sejam sempre espectáculos entusiasmantes. Espero que, durante o jogo, os jogadores possam ter qualidade e os do Sporting mais do que os do Benfica para fazermos um grande jogo e poder ganhar. É o nosso grande objectivo", afiançou.

O Sporting-Benfica, da jornada 30 da Primeira Liga, arranca às 20h30 de sábado, no Estádio de Alvalade, com arbitragem do portuense Artur Soares Dias. Jogo com relato na antena da Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.