O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Fátima vai ter 11 câmaras para prevenir crimes e actos terroristas

23 jan, 2017 - 12:30

Gestão do sistema de videovigilância ficará a cargo do destacamento territorial da GNR de Tomar. O Papa Francisco desloca-se ao santuário a 12 e 13 de Maio para o Centenário das Aparições.
A+ / A-

O Santuário de Fátima e a área envolvente vão dispor de um sistema de 11 câmaras de videovigilância para a prevenção de crimes e actos terroristas, revela um despacho publicado em “Diário da República”.

O sistema a implementar foi alvo de um parecer positivo da Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD), "desde que salvaguardada a adopção de medidas efectivas que impeçam a captação de imagens de edifícios e áreas envolventes, em especial das zonas habitacionais, e assegurada a monitorização, de forma regular, dos acessos ao sistema de videovigilância", lê-se no documento.

Segundo os termos do despacho da secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Maria Isabel Oneto, que segue as recomendações da CNPD, não é permitida a instalação de câmaras ocultas e as que integram o sistema de videovigilância "devem ser direccionadas de molde a não captarem e não gravarem imagens nos locais mais reservados de oração, como o interior das igrejas, capelas e espaços de devoção".

Será permitida a captação e gravação de som "sempre que se verifique uma situação de perigo concreto para a segurança de pessoas e bens" e efectuado "o barramento dos locais privados, impedindo a visualização de, designadamente, portas, janelas e varandas", frisa o despacho.

As câmaras funcionarão "ininterruptamente, 24 horas por dia, em todos os dias da semana", sendo que a gestão do sistema ficará a cargo do destacamento territorial da GNR de Tomar.

Os procedimentos de segurança a adoptar pela GNR "devem incluir seguranças lógicas de acesso ao sistema" e todas as operações deverão ser objecto de registo, sendo que os relatórios de registo "devem reportar todas as anomalias detectadas e devem ser arquivadas por um período mínimo de dois anos", adianta o despacho.

O Papa Francisco desloca-se a Fátima a 12 e 13 de Maio para o Centenário das Aparições, mas o despacho de Maria Isabel Oneto não faz qualquer referência à visita, apenas afirmando que a videovigilância vai ser instalada nos termos propostos num memorando do comandante geral da GNR "com o fim de protecção de pessoas e bens e de prevenção da prática de crimes e de actos terroristas".

No documento lê-se ainda que o sistema de videovigilância "pode ser utilizado por um período de um ano, após o qual poderá ser formulado pedido de renovação, mediante comprovação da manutenção dos fundamentos invocados para a sua concessão".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • PP
    23 jan, 2017 BRAGA 14:25
    já gora não querem dizer onde? é para não faltar informação aos potenciais terroristas.
  • desatina carreira
    23 jan, 2017 Queluz 14:08
    11 câmeras são demasiadas
  • Juan Panvini
    23 jan, 2017 Mafra 13:37
    11 camaras? isso nem para um dos estacionamentos é suficiente, deve faltar pelo menos 2 zeros. Quem quizer que veja quantas existem num supermercado e só o terreiro da Fatima e várias vezes maior, ainda teremos toda a área envolvente que é muitas vezes superior.
  • Luis CARVALHO
    23 jan, 2017 Lisboa 13:15
    Gosto cada vez mais das noticias sobre PREVENÇÃO ... adoro saber todos os pormenores técnicos sobre os GRANDES EVENTOS e sobre o que autorizou ou não a também ENORME INSTITUIÇÃO ... CNPD . Mas penso que até Maio outros pormenores irão ser divulgados ... isto tudo a bem da Segurança ...dos princípios éticos ... individuais ...e da CNPD. Quem tem uma CNPD tem efetivamente tudo . Bem haja .
  • Zé Nabo
    23 jan, 2017 Porto 13:06
    Eu pensava que qualquer terrorista que lá entrasse seria imediatamente fulminado por um raio.
  • Zé Nabo
    23 jan, 2017 Porto 13:06
    Eu pensava que qualquer terrorista que lá entrasse seria imediatamente fulminado por um raio.
  • antonio leonel costa
    23 jan, 2017 Belas 13:03
    Isto está mesmo mau. Nem na Senhora da Fátima confiam para segurança dos peregrinos afinal tem de confiar apenas nas máquinas e na policia, boa não é?