RR
|
A+ / A-

Papa Francisco: Como Deus quer

12 dez, 2016 - 00:07 • Aura Miguel

“Papa Francesco: come Dio comanda” é o nome de um documentário divulgado este domingo na Sky Atlantic, um canal privado italiano. O trabalho foi feito a pensar no próximo aniversário do Papa, que cumpre 80 anos, no próximo sábado, dia 17.

A+ / A-

A poucos dias de cumprir 80 anos, o lado humano do Papa Francisco volta a estar em destaque nos média italianos.

Talvez pela sua popularidade ter vindo a ser criticada nalguns sectores da Igreja na Europa e nos Estados Unidos, este documentário - apesar de não ter inéditos, nem qualquer intervenção directa de Francisco - tem uma vertente muito apelativa para o grande público, pois recupera alguns episódios emotivos de viagens já realizadas, encontros e entrevistas, com imagens oficiais e outras realizadas pelos próprios fiéis com os seus telemóveis, em diferentes países e continentes, como Rio de Janeiro, Tacloban (nas Filipinas), Istambul, Ciudad Juarez (no México) ou Assis.

O lado mais íntimo de Francisco volta a ser revelado em excertos de conversas gravadas em vários momentos desde que foi eleito, onde, por exemplo, admite que o seu pontificado será breve (uns quatro ou cinco anos), reconhece que todos precisam de conversão, incluindo o próprio Papa e que, sempre que se emociona, fecha-se e defende-se, talvez por um certo pudor machista.

Sobre a sua vida no Vaticano, Bergoglio considera a corte papal demasiado atávica e reconhece as dificuldades que tem com o protocolo de Estado. Não está em causa a dignidade protocolar que cada Chefe de Estado. A dificuldade para ele está em adequar-se àquelas regras. E Francisco volta a repetir: “a diferença entre o terrorismo e o protocolo, é que com o terrorismo pode-se negociar e com o protocolo, não”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vera
    13 dez, 2016 Palmela 03:56
    O Papa Francisco, ensina-nos a ver a realidade... Há tantas coisas na vida que desconhecemos! Na vida obedecemos, sem saber porquê! a vida é feita de pequenos nadas: uns pensam que vencem e lutam... outros nem sequer lutam: vale a pena lutar? lutar nesta vida, é para alcançar algo que existe, não sabemos onde... mas existe! existe Deus! que é a base de tudo na vida! é por Ele que caminhamos... caminhamos, até lá chegar! E se caminhássemos todos juntos? seria muito menos complicado! mas a vida é assim.