O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Acidentes rodoviários provocaram 409 mortos até Novembro

05 dez, 2016 - 15:21

São menos 30 mortes, face a 2015, mas o número de acidentes aumentou 4%.
A+ / A-

Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram 409 mortos este ano, menos 30 do que em igual período de 2015, revelou, esta segunda-feira, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

Já o número de desastres rodoviários aumentou cerca de quatro por cento, tendo-se registado, entre 1 de Janeiro e 30 de Novembro, 116.284 acidentes, mais 4.642 do que no mesmo período de 2015, adianta a ANSR, que reúne dados da PSP e GNR.

A Segurança Rodoviária refere que as vítimas mortais diminuíram quase sete por cento entre Janeiro e Novembro face ao ano passado.

Segundo a ANSR, os distritos com mais vítimas mortais este ano são Lisboa (51), Porto (42) e Aveiro (41), enquanto Bragança e Vila Real são os distritos com menos mortos, registando-se sete óbitos em cada um.

Também os feridos graves diminuíram este ano, tendo ficado gravemente feridos 1.864 pessoas, menos 200 do que em igual período de 2015.

A ANSR indica ainda que, entre Janeiro e Novembro, sofreram ferimentos ligeiros 35.105 pessoas, menos 372 do que no ano passado.

Os dados da Segurança Rodoviária dizem respeito às vítimas cujo óbito ocorreu no local do acidente ou a caminho do hospital.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.