O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
olhar europa

​BCE escuta eurodeputados sobre eurozona

21 nov, 2016 - 14:05

Atenções viradas esta semana para a sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo. Os eurodeputados vão hoje debater o crescimento e a inflação na zona euro, com o presidente do Banco Central Europeu.
A+ / A-
Olhar Europa (21/11/2016)
Olhar Europa (21/11/2016)

Amanhã, é a vez da Turquia na agenda. O possível congelamento das negociações de adesão é uma das questões em debate com a Alta Representante para as Relações Externas. Muitos deputados consideram que há uma degradação da democracia e dos direitos fundamentais na Turquia.

Quinta-feira, há cimeira entre a UE e a Ucrânia. Os líderes das instituições europeias reúnem-se com o Presidente Poroshenko para discutir as relações bilaterais. Agora num novo contexto com a futura Administração norte americana. A possibilidade de uma política norte-americana mais isolacionista preocupa a Europa.

A semana fecha com um debate no PE com a Provedora de Justiça Europeia. É provável que os eurodeputados abordem a contratação de Durão Barroso pela Goldman Sachs. A Provedora tem mantido pressão sobre a Comissão para que tome posição sobre esta situação. Para além do debate, o PE vai votar um relatório que manifesta "grande preocupação" com a nomeação do ex-presidente da Comissão Durão Barroso para a Goldman Sachs. O relatório saúda a continuação das investigações da Provedora sobre os designados casos das “portas giratórias” na Comissão.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.