|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

​PSD recria corrida entre burro e Ferrari em Lisboa

02 nov, 2016 - 20:26

A homenagem irónica a António Costa está marcada para sexta-feira. Vai ligar a Cidade Universitária ao Saldanha.

A+ / A-

O PSD vai recriar na sexta-feira a corrida entre um burro e um Ferrari que o actual primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, organizou em 1993 numa campanha para as eleições autárquicas.

"Hoje, quando, mais do que nunca, os lisboetas vêem ser diariamente posta à prova a sua mobilidade, senão mesmo a sua capacidade para saltarem obstáculos, o PSD Lisboa entende que é chegado o momento de regressar às origens e homenagear o "costismo" e os seus seguidores com a 2.ª Corrida entre um burro e um Ferrari", refere o partido, em comunicado.

A partida desta corrida está marcada para as 8h45, na Rua Professor António Flores, junto à Faculdade de Direito de Lisboa, na Cidade Universitária, e terá chegada na Praça Duque de Saldanha, com "meta instalada" junto ao edifício do Monumental.

"Assim, o caos provocado pelas obras de fachada que infernizam o trânsito no centro da capital deixe avançar os dois contendores para uma competição que se quer justa", lê-se no comunicado.

A primeira corrida entre um burro e um Ferrari decorreu em 1993 na Calçada de Carriche e foi organizada por António Costa no âmbito da sua candidatura à Câmara de Loures.

O PSD Lisboa recorda que, "nas palavras do próprio organizador, o evento saldou-se como 'uma das mais enriquecedoras experiências políticas' que viveu".

"O traçado escolhido para a prova privilegia o eixo central da cidade, embora as obras estejam por toda a capital, em simultâneo, com reflexos directos no trânsito que nunca esteve tão mal", refere a concelhia lisboeta do PSD, acrescentando que "as obras sirvam para melhorar a mobilidade dos lisboetas é outra questão a merecer resposta seguramente negativa".

De acordo com a aplicação 'mapas', do motor de busca Google, uma viagem de carro entre a Rua Professor António Flores e a Praça Duque de Saldanha, com cerca de três quilómetros, demora cerca de onze minutos a ser feita. A mesma distância demora cerca de 35 minutos a ser percorrida a pé.

A aplicação não permite saber-se quanto tempo demora a ser feita de burro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Pedro Rodrigues
    04 nov, 2016 Carnide 07:54
    Os gajos ainda não arranjaram um tanso que queira ser candidato à CML. Mas para circo andam sempre prontos. Olhem, candidatem o burrico da corrida que sempre era uma melhoria em vista dos habituais trastes que o PSD leva a votos. O PSD é uma casa de loucos!
  • Luis António B.Botas
    04 nov, 2016 Cuba-Pereira Risaralda - Colombia 05:43
    Porque um Portugues de cada vez no monta esse animal de o 1' ministro Antonio Costa, essa amostra de homem y de meio -preto
  • ó Martins
    03 nov, 2016 lx 12:47
    Vai ao oftalmologista mudar de lentes!...Vives da estática e és contra a dinâmica!...Olha para o futuro e deixa o passado! Ando por Lisboa e vejo-a no caminho do progresso!
  • Martins
    03 nov, 2016 LX 08:51
    Só quem tem de conviver diariamente com o caos criado pela CML na mobilidade em Lisboa pode perceber o que se está a passar. Lisboa está instransitável e depois das obras vamos ficar com a mobilidade do século passado. Os autocarros demoram eternidades nos percursos, rotundas por todo o lado bloqueadas porque o trânsito está impedido de fluir normalmente, o metro um caos com poucos comboios a circular, as supressões na linha de sintra são constantes. Umverdadeiro calvário. Agora imagine-se se as obras da Segunda Circular tivessem avançado!... Terão que ser gastos milhões de euros no futuro para reparar todos os danos que estão a ser feitos nas vias da capital, que uns quantos inúteis que nem eleitos foram decidiram fazer sem terem mandato para tal.
  • Eugénio Rodrigues
    03 nov, 2016 Avis 07:44
    Portanto vão pôr um jotinha colador de cartazes a correr contra o ferrari? Esse jotinha ainda chega a líder do PSD! Tem futuro o jotinha!
  • Luis
    03 nov, 2016 Lisboa 06:54
    O Ferrari é de um empresario do Norte boy Pafioso. O burro é o Traste de Massa Má.
  • a campanha
    02 nov, 2016 port 22:05
    Do PSD assemelha-se ao Trumpismo nos Estados Unidos!...
  • as graçolas
    02 nov, 2016 lx 22:02
    Dos PSDs e do farsola do seu lider!
  • Rosinda
    02 nov, 2016 palmela 21:35
    muito fixe!