O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-
Benfica

Cervi quebrou o gelo. "Precisávamos desta vitória"

19 out, 2016 - 22:00

Confira as declarações dos argentinos Franco Cervi e Salvio, bem como do capitão Luisão.
A+ / A-

Franco Cervi foi absolutamente fulcral para a obtenção da primeira vitória do Benfica na Liga dos Campeões desta época, frente ao Dínamo Kiev (0-2), para a terceira jornada do Grupo B.

O extremo argentino assinou uma das melhores exibições da noite ucraniana e selou o triunfo encarnado, aos 10' da segunda metade.

"Estou muito contente pelo golo, mas mais pela vitória da equipa. Precisávamos dela. Quando marcámos o segundo ficámos mais tranquilos. Fizemos um bom jogo, dominámos a maior parte. Para mim, é um sonho jogar a Liga dos Campeoes por clube como Benfica", afirmou Cervi, na "flash interview" da SportTV.

Salvio. "Estamos na luta e temos de continuar assim"

"Estou contente pelo golo, pela vitória, que era o mais importante. Estamos na luta e temos de continuar assim. Viemos à procura da vitória, sabíamos que ia ser difícil, mas saímos com muita intensidade, concentrados. Na segunda parte, soubemos fechar e sair no contra-ataque. Foi um grande triunfo. Temos três jogos, dois em casa, vamos precisar dos nossos adeptos. Como disse, estamos na luta e não podemos desperdiçar nenhum ponto", comentou Salvio, autor do primeiro golo do Benfica, também à SportTV.

Luisão. "Colocámos o nosso futebol ao nível do Benfica"

"Foi uma vitória importantíssima, depois de dois jogos em que sofremos golos no final. Hoje, conseguimos colocar o nosso futebol, ao nível do Benfica, e saímos daqui com a vitória. Sabíamos que era um grupo disputado, fizemos dois jogos fora, agora contamos com os nossos adeptos", analisou o capitão dos encarnados, igualmente aos microfones da SportTV.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.